Qual especialidade trata borderline?

Qual terapia é mais indicada para borderline?

Tratamento para o transtorno de personalidade borderline

A escolha do psicólogo certo para você envolve diversos fatores. Descubra aqui. O tratamento mais indicado é a a terapia cognitivo-comportamental, integrada com uma vida social saudável.

Quais os 4 tipos de borderline?

TIPOS DE BORDERLINE:

  • Borderline Desencorajado. O paciente diagnosticado com o tipo Borderline Desencorajado é aquele que tem tendência ao isolamento e submissão. …
  • Borderline Petulante. …
  • Borderline Impulsivo. …
  • Borderline Autodestrutivo.

Como Diagnosticar a Síndrome de borderline?

Mudanças rápidas no humor, normalmente durando apenas algumas horas e raramente mais do que alguns dias. Sentimentos persistentes de vazio. Raiva inadequadamente intensa ou problemas para controlar a raiva. Pensamentos paranoicos temporários ou sintomas dissociativos graves desencadeados por estresse.

Quais são os 9 sintomas do borderline?

A seguir, listamos os principais deles para ajudar na identificação do momento de procurar ajuda profissional.

  • Mudanças no humor e nos interesses. …
  • Sentimentos extremos. …
  • Instabilidade nos relacionamentos. …
  • Medo de abandono. …
  • Problemas de autoimagem. …
  • Impulsividade. …
  • Agressividade. …
  • Dificuldades para confiar.

Como acalmar borderline em crise?

Deixe que ele fale o que quiser e precisar, mesmo que isso possa lhe ferir muito. Quando as coisas acalmarem, converse com ele de forma calma e objetiva, com cuidado e atenção. Lembre-se de protegê-lo caso haja uma situação de risco à vida e também proteja-se em relação aos seus sentimentos.

O que fazer para acalmar um borderline?

6 dicas de como conviver com pessoas com Transtorno de Personalidade Borderline

  1. 1) Identificação Projetiva e a pessoa com Borderline. …
  2. 2) Integrar as partes. …
  3. 3) Faça a pessoa refletir sobre seus atos. …
  4. 4) Não abandone a pessoa com Borderline. …
  5. 5) Estabeleça limites claros. …
  6. 6) Fique atento aos riscos.

O que irrita um borderline?

As emoções e comportamentos exaltados podem dar uma ideia do que vive alguém com transtorno de personalidade borderline (ou "limítrofe"). Reconhecido como um dos transtornos mais lesivos, leva a episódios de automutilação, abuso de substâncias e agressões físicas.

Como é a crise de um borderline?

A maioria dos pacientes com Borderline relata ter um sentimento de vazio intenso. Em alguns casos, chega a uma intensidade tão alta que exige outra pessoa para que esse “buraco emocional” seja preenchido. Ou seja, a dependência afetiva se torna maior e causa mais sofrimento.

Como saber se um borderline está em crise?

Alguns recontam episódios semelhantes a ataques de ansiedade ou pânico; em outros casos, toma a forma de pensamentos obsessivos e intrusivos. Borderline em crise para alguns, eles se parecem com ataques histéricos, outros ficam paralisados. Depois, há desrealização, despersonalização, alucinações visuais ou auditivas.

Como é o surto do borderline?

Pessoas com borderline também experimentam episódios depressivos, ansiosos e raivosos. Eles podem durar por dias ou somente algumas horas e não ter nenhuma explicação para a mudança de humor. Nesse estágio de humor alterado, os pensamentos suicidas são comuns e podem levar a tentativas de suicídio.

Como são as crises de um borderline?

A maioria dos pacientes com Borderline relata ter um sentimento de vazio intenso. Em alguns casos, chega a uma intensidade tão alta que exige outra pessoa para que esse “buraco emocional” seja preenchido. Ou seja, a dependência afetiva se torna maior e causa mais sofrimento.

Como deixar um borderline feliz?

Psicoterapia. A psicoterapia é a principal aliada no tratamento da perturbação de personalidade borderline. Ter apoio de um psicoterapeuta, separadamente ou em casal, pode ajudar a pessoa com personalidade borderline a ter insights, comunicar-se melhor, resolver conflitos e melhorar os comportamentos e as relações.

O que leva uma pessoa a ter borderline?

Não existe uma causa específica para quem desenvolve a síndrome de borderline, sendo as crises geralmente manifestadas após conflitos emocionais difíceis ao longo da vida, que podem ser experiências como de morte ou separação, até abuso sexual – principalmente na infância e/ou adolescência.

É possível ser feliz com um borderline?

Apesar dos obstáculos e desafios, o transtorno de personalidade borderline tem tratamento, no sentido de ser possível uma recuperação. No entanto, é comum a pessoa com este transtorno evitar ou ignorar qualquer ajuda sendo importante, por isso, o seu incentivo e apoio.

O que fazer quando um borderline surta?

O tratamento do Transtorno Borderline

O Transtorno Borderline deve ser tratado pelo profissional da saúde mental, em geral a melhor opção é um trabalho conjunto do psiquiatra e do psicólogo. Ambos são capazes de realizar o diagnóstico do transtorno e fornecer a orientação adequada ao tratamento.

O que um borderline é capaz de fazer?

Sobre pessoas com Transtorno Borderline

Machucam a si mesmas, ameaçam ou têm comportamento suicida. Além disso, apresentam instabilidade afetiva, irritabilidade, raiva, ansiedade intensa e sentimentos crônico de vazio que são desesperadores.

Como é o surto de um borderline?

Pessoas com borderline também experimentam episódios depressivos, ansiosos e raivosos. Eles podem durar por dias ou somente algumas horas e não ter nenhuma explicação para a mudança de humor. Nesse estágio de humor alterado, os pensamentos suicidas são comuns e podem levar a tentativas de suicídio.

O que passa na cabeça de um borderline?

A possibilidade de sentirem uma rejeição, separação ou perda de algo externo provoca nestes indivíduos alterações profundas quanto à sua auto imagem, afetos, cognição e até mesmo comportamentos. Vivem intensamente medos de abandono e uma raiva inapropriada face a breves separações, ou pequenas mudanças.