O que é a pulsão na psicanálise?

O que são as pulsões na psicanálise?

Em Três Ensaios sobre a teoria da sexualidade, Freud (1905/1996b) define o conceito de pulsão. Neste trabalho, esta é exposta como o representante psíquico de uma energia que leva ao movimento, ou ainda uma espécie de demanda por ação que seria feita ao psiquismo cuja fonte seria o processo excitatório em um órgão.
Em cache

O que é uma pulsão?

1. Impulso. 2. [ Psicanálise ] Força no limite do orgânico e do psíquico que impele o indivíduo a cumprir uma acção com o fim de resolver uma tensão vinda do seu próprio organismo por meio de um objecto , e cujo protótipo é a pulsão sexual.

Qual a função psíquica descrita por Freud da pulsão?

Segundo Freud, uma pulsão tem a sua fonte numa excitação corporal (estado de tensão); o seu objetivo ou meta é suprimir o estado de tensão que reina na fonte pulsional; é no objeto ou graças a ele que a pulsão pode atingir sua meta.

Qual é o objeto da pulsão?

Considerando a teoria pulsional, Freud afirma que constitui-se como objeto da pulsão todo objeto no qual ou através do qual a pulsão consegue atingir seu alvo. O objeto não é fixo, nem previamente determinado, é o que há de mais contingente no conjunto de elementos e processos presentes nos atos pulsionais.

Quais são os tipos de pulsão?

As pulsões têm dois tipos de representantes, os afetos e as representações. O destino da energia associada à representação é sempre a mesma: a pulsão é redimida, não tem o suporte da energia ou então tendo sido recalcada a representação, a energia manifesta-se através do afeto ou este transforma-se em angústia.

Quais as pulsões de Freud?

Freud, no princípio de sua teoria, distinguia várias pulsões distintas que, com o aprimoramento da teoria, foram reduzidas a duas pulsões básicas (em língua alemã, Urtriebe): eros, ou pulsão sexual, para a vida, e tânatos, ou pulsão agressiva, de morte.

Como é fazer pulsão?

A punção aspirativa é realizada por meio de uma agulha fina para coletar material orgânico do nódulo na tireoide. Associada à agulha, é utilizada uma sonda de ultrassom, auxiliando o médico na precisão do procedimento. O médico solicita que o paciente mantenha-se deitado.

Quais são os 4 destinos da pulsão?

Nessa direção, Freud (1915) define quatro destinos possíveis para a pulsão: 1- Reversão ao seu oposto, o qual é desdobrado a partir de duas operações: mudança da atividade para a passividade e reversão de seu conteúdo; 2- Retorno ao próprio eu; 3- Recalque; e 4– Sublimação.

Quais são os quatro elementos da pulsão?

Freud recordou, inicialmente, o caráter limítrofe (entre o psíquico e o somático) da pulsão, representante psíquico das excitações provenientes do corpo e que chegam ao psiquismo. Em seguida, descreveu as quatro características da pulsão: a “força” ou “pressão”, o “alvo”, o “objeto” e a “fonte”.

Quais são os 4 elementos da pulsão?

Freud recordou, inicialmente, o caráter limítrofe (entre o psíquico e o somático) da pulsão, representante psíquico das excitações provenientes do corpo e que chegam ao psiquismo. Em seguida, descreveu as quatro características da pulsão: a “força” ou “pressão”, o “alvo”, o “objeto” e a “fonte”.

Quais são os tipos de punção?

As punções variam de acordo com a sua finalidade. – PUNÇÃO VENOSA – superficial (subcutâneo) ou profunda (centrais). – PUNÇÃO BIÓPSIA – hepática, pulmonar, renal, pericárdica, miocárdica, prostática… Introdução de uma agulha no interior da bexiga, pela parede anterior do abdome – de forma cruenta.

Quem faz pulsão?

Ele é geralmente realizada por um Médico Ultrassonografista e tem como objetivo coletar amostras de células do nódulo, que serão analisadas em laboratório por um Médico Patologista.

Quais as características da pulsão?

Em seguida, descreveu as quatro características da pulsão: a “força” ou “pressão”, o “alvo”, o “objeto” e a “fonte”.

Qual a diferença entre instinto e pulsão?

O instinto, portanto, é a força que inicia a NECESSIDADE de uma ação. Sem predeterminar qual ação em particular e qual é a força dessa ação. Já a pulsão, terá aspectos mentais, como um impulso, um desejo.

Como é feita a punção?

Como é o Procedimento? O médico localiza a área da punção através das imagens geradas pela ultrassonografia. Uma vez localizado o nódulo, utiliza-se agulha própria para punção, no interior da lesão. Em seguida é feita a aspiração a vácuo do conteúdo do nódulo, para retirada de fragmentos.

Como realizar a punção?

Inserir o cateter na veia com a mão dominante com o bisel da agulha voltado para cima, em ângulo de 30º, 1 cm abaixo do local da punção. Após a verificação do refluxo sanguíneo, pedir para o paciente abrir a mão, introduzir delicadamente o corpo do cateter e retirar o mandril (cateter sobre agulha). Soltar o garrote.

Como é feita a pulsão?

“A punção é feita de forma segura, com o auxílio de uma aparelho que ultrassom. Assim, o Médico Ultrassonografista vê exatamente onde o nódulo está, insere uma agulha fina e retira uma amostra de tecido para análise” – Dra Fernanda Augustini Rigon, Médica Endocrinologista – (CRM/SC 181516 e RQE 14551).

Quais são as quatro características fundamentais da pulsão?

Em seguida, descreveu as quatro características da pulsão: a “força” ou “pressão”, o “alvo”, o “objeto” e a “fonte”. Esse texto de 1915, porém, deu também oportunidade a uma nova elaboração sobre o “devir das pulsões sexuais”.