Talento e uma voz muito especial é o que Sônia Lins traz para seus shows

01.10.2016
Talento e uma voz muito especial é o que Sônia Lins traz para seus shows

A artista, que fechou datas com o JA1000 até o final do ano, surpreende pela qualidade do seu som 

Filha de um motorista da viação Paraty e de uma dona de casa, Sônia de Lima da Silva nasceu em Araraquara há 32 anos, e tem dois irmãos. Radicada em Rincão há muitos anos, a família identificou na menina um talento nato para a música, e aos 5 anos, para espanto de todos, Sônia já arranhava o violão, tirava algumas músicas do instrumento e encantava, ao soltar a voz .

Aos 10 anos já tocava violão com rara competência, cantava com impressionante afinação, e incentivada por um primo fez sua estreia para o "público", animando uma festa familiar com um repertório repleto de moda de viola.

"Aprendi a tocar de ouvido, nunca tive alguém para me orientar. Mas tudo fluia bem e nunca tive dificuldade. Achava as notas com facilidade e a música saía naturalmente", explicou a artista à reportagem do Portal Cidade.

Depois de enfrentar o público pela primeira vez a menina se encontrou, abraçou a ideia de cantar profissionalmente e nunca mais deixou de se dedicar a realizar seu sonho.

"Comecei a estudar sozinha outros instrumentos, e aprendi a tocar guitarra, baixo e até bateria. Minha intenção sempre foi me preparar para tocar em barzinhos, e por isso passei a construir um repertório variado, com MPB, Pop Rock e até Sertanejo universitário", disse.

Logo sua bela voz e a qualidade do som que tirava do violão chamaram a atenção de pessoas próximas, até que um amigo a convidou a tocar num barzinho. Foi o começo tudo. Sônia tinha 15 anos de idade, e deu um verdadeiro show naquela noite, arrancando aplausos das mais de 50 pessoas que assistiram sua verdadeira estreia profissional.

Já na estrada, a artista passou a se apresentar em barzinhos por toda a região de Araraquara, adotando o nome artístico de "Sônia  Lima". Seu talento e sua bela voz mais uma vez abriram portas, e Sônia Lima passou a integrar a banda Stúdio, de Ribeirão Preto, animando bailes, casamentos e festas pelo estado.

"A Stúdio é uma banda baile bastante conhecida, com muitos músicos e três vocalistas. Foi uma experiência rica. Aprendi muito nos 5 anos que me epresentei com eles", destacou.

Vencida mais uma etapa, a artista, que já compunha, decidiu abraçar a carreira solo, ampliar seus horizontes e lançar um disco. E foi nesse momento que ela adotou um novo nome artístico: Sônia Lins.

"Como meu trabalho ficou mais conhecido, comecei a me apresentar em cidades da região de Ribeirão Preto, e agora preparo o lançamento de um disco com músicas produzidas em parceria", revelou a artista, que há cerca de 20 dias passou a integrar o rol de músicos que se apresenta no JA1000.

"Vim uma noite no JA1000 e a Sumara (Sumara Santos) estava se apresentando. Pedi para cantar uma música, o Fernando (Talaia, proprietário da Casa) ouviu, gostou e me convidou a tocar aqui. Foi muito legal e estou feliz, porque não é qualquer músico que se apresenta aqui", destaca Sônia, que fechou datas com o casal Fernando e Bruna até o final do ano.

Sônia, aliás, já prepara surpresas para a inauguração do novo JA1000, que em breve estará recebendo os amantes da qualidade dos lanches e demais iguarias produzidas pela especialíssima cozinha da Casa. "Talvez um show com bateria e algo mais. Tudo de diferente e alegre que um artista pode apresentar vou trazer para o JA1000", finaliza.

Serviço:

Sônia Lins

Música: Pop Rock / MPB / Sertanejo Universitário

https://www.facebook.com/sonia.liins

https://www.youtube.com/watch?v=5ZH4IElUhNA

Revista Cidade

Publicidade

Brasil