Projeto Desbikelando passa pela região

21.10.2016
Projeto Desbikelando passa pela região

Luiz Henrique Costa Arruda, biólogo, de São Carlos está percorrendo o país de norte a sul de bicicleta promovendo educação ambiental. O projeto leva o nome de Desbikelando e visa passar por 15 estados brasileiros, visitando 45 escolas escolhidas especialmente para receberem atividades voltadas à sustentabilidade. As escolas visitadas desenvolvem atividades específicas, de acordo com suas possibilidades e peculiaridades.

Vindo de Poços de Caldas, Arruda passará pela região entre os dias 25 e 1º de novembro, chegando em São Carlos, mas com disponibilidade para deslocamentos neste período. Depois, o bi[ologo seguirá até Florianópolis - SC. 

O objetivo é saber qual o nível de consciência dos brasileiros em relação ao ambiente em que vivem e à grande variedade de recursos naturais que o país possui, além de fazer um levantamento sobre as diferentes infraestruturas de ensino e os desafios efetivos entre professor e escola existentes no Brasil.

A viagem teve início em 10 de janeiro deste ano com saída de Altamira-PA, passando por Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo, Paraná e finalizando em Florianópolis-SC. A previsão de encerramento tinha o feriado de 12 de outubro como meta, mas o projeto poderia se estender por mais dois meses e foi o que aconteceu.

No início da viagem, Márcio Francisco Martins, geógrafo, de Jaú, fazia dupla com Luiz Henrique, mas desde junho o rapaz não está mais no projeto. No início da viagem os jovens não dispunham de financiamentos oficiais para o empreendimento, e para juntar o mínimo necessário, venderam bens pessoais, como roupas, carro e móveis. Por meio de um "site", conseguiram uma pequena parcela de recursos, proveniente de doações na modalidade financiamento colaborativo. 

As atividades escolares têm sido desenvolvidas com alunos do ensino fundamental, médio, EJA (Ensino de Jovens e Adultos) e universitários. Cada atividade busca trabalhar a percepção dos jovens sobre local e ambiente onde vivem, proporcionando e estimulando aos estudantes a busca por ideias e alternativas para a melhoria de sua escola, do seu bairro e comunidade.

Além de levar conhecimento e superar as várias adversidades, parte da missão é reutilizar materiais recicláveis. A ideia é defender a necessidade de uma consciência ambiental e mais estrutura na educação. "Mostro maneiras sustentáveis de pegar o resíduo e transformar em arte, dando um destino diferenciado para poder gerar renda, principalmente onde tem muitos turistas. Temos, por exemplo, a oficina de produção de mosaicos, produção de lustres com garrafa de vidro, banco de pet, produção de carteiras com caixinhas longa vida, entre outros”, explica  Arruda.

Para ajudar a dupla na caminhada, basta acessar a página criada para o projeto: https://www.facebook.com/desbikelando/?fref=ts.

Revista Cidade

Publicidade

Brasil