Ferroviária enfia 3 a 1 no Rio Claro e confirma 100% de aproveitamento em casa

10.02.2016
Ferroviária enfia 3 a 1 no Rio Claro e confirma 100% de aproveitamento em casa

Com seis pontos em três jogos disputados, Ferroviária lidera a chave ao lado do Audax. Time jogou muita bola!

Em sua terceira partida no Paulistão 2016, segunda consecutiva jogando em casa, a Ferroviária mais uma vez dominou completamente as ações em campo, acuou o Rio Claro desde os primeiros movimentos e não deu chances para o time visitante sair de trás.

Adiantando suas linhas e marcando o adversário em seu próprio campo de defesa, a Ferroviária tinha apenas os zagueiros Anderson e Marcão recuados, e ainda assim, os dois constantemente posicionados no circulo central, dentro da intermediária do Rio Claro.

Com tanta pressão sobre suas ações o time visitante não conseguia sair da defesa, errava passes e lançamentos e praticamente devolvia a bola para a equipe afeana, que aos 5 minutos de jogo já tinha criado duas boas chances de gol, uma em um chute de Igor Julião, e outra em uma cabeçada de Juninho, obrigando o goleiro Lucas a fazer grandes defesas.

O domínio da Ferroviária continuava total, com o treinador Sergio Vieira gritando o tempo todo e corrigindo o posicionamento de seus atletas em campo. E continuou assim até os 34 minutos de jogo, com o time grená pressionando, girando a bola e criando chances, enquanto o Rio Claro, por sua vez, sequer havia chutado uma só bola a gol.

Aos 35 não teve jeito, e após um escanteio pela esquerda do ataque a Ferroviária abriu o placar com Tiago Adam, que aproveitou de cabeça o rebote de uma bola disputada pelo alto entre os zagueiros afeanos Anderson e Marcão, e o defensor Alex Silva, do Rio Claro.  O atacante cabeceou forte no travessão, e na volta a bola bateu em seu corpo e foi morrer no fundo das redes.

Com 62% de posse de bola em todo o primeiro tempo a Ferroviária dominava completamente o jogo até que aos 45 minutos Igor Julião errou um drible no meio campo, o Rio Claro recuperou a bola, partiu para o ataque com Romarinho pela esquerda e a bola levantada na área afeana achou o meia Mauricio, completamente livre para cabecear sem nenhuma possibilidade de defesa, no canto esquerdo do goleiro Rodolfo: 1 a 1.

Um castigo para a Ferroviária no único erro cometido pelo time em todo o primeiro tempo.

Na segunda etapa o panorama continuou o mesmo, com o time visitante acuado em campo e sofrendo forte pressão da equipe araraquarense. 

E a pressão foi tão grande que logo aos três minutos, em mais uma bela cobrança de escanteio, a Ferroviária marcou novamente, agora com o zagueiro Anderson, que subiu como um foguete entre os zagueiros rioclarenses e deu uma verdadeira tijolada, de cabeça, vencendo o bom goleiro Lucas, que nada pôde fazer no lance: 2 a 1, e justiça no placar.

Atrás no placar o Rio Claro tentou sair da forte marcação afeana, forçou alguns lances de ataque, mas sempre com bolas esticadas e sem levar perigo.

Aos 13 minutos Sérgio Vieira mexeu pela primeira vez na equipe de Araraquara, tirando o bom Wesclei e colocando Rafinha, autor dos dois gols da vitória afeana contra o Mogi, na última semana, e herói daquele jogo.

Wesclei saiu aplaudido de campo, e dois minutos depois Rafinha mostrou suas credenciais, fazendo uma boa jogada pelo lado esquerdo do ataque e conseguindo um escanteio. Na cobrança de Igor Julião, a defesa rioclarense afastou pela linha de fundo, cedendo outro córner para o time araraquarense, agora pelo lado oposto.

Foi então que mais uma vez apareceu o "dedo" do técnico Sérgio Vieira, da Ferriviária. Na cobrança, em jogada claramente ensaiada, Tiago Adam disputou a bola pelo alto, e ela sobrou limpa, no segundo pau, para Moises, sem qualquer marcação só empurrar para o fundo das redes de Lucas.

A Ferroviária já ganhava por 3 a 1, e nem assim tirava o pé. O Rio Claro, talvez assustado com o volume de jogo do time grená se retraiu ainda mais, chegando a apelar em alguns lances, todos parados com alguma violência.

A última meia hora de jogo serviu para mostrar o quanto a Ferroviária é um time bem treinado e parece realmente preparado para voar alto neste Paulistão. Com o jogo  nas mãos e sentindo o adversário já batido em campo, a equipe tocou a bola, tentou triangulações e seguiu criando chances, como se o jogo fosse um grande coletivo.

Ao final, a Ferroviária confirmou a vitória, conquistou mais 3 pontos e se manteve 100% em casa no Paulistão. Agora,com 6 pontos em três jogos, a equipe assume a liderança da chave (no saldo de gols), deixando o Audax, que também venceu na rodada, em 2º.

O próximo compromisso da Ferroviária será no sábado, em Campinas, contra o RB Brasil.

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 3 x 1 RIO CLARO
Local: Arena Fonte Luminosa - Araraquara (SP)
Data/Horário: 10 de fevereiro, quarta-feira, 21h45
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Assistentes: Gustavo Rodrigues de Oliveira e Fausto Augusto Viana Moretti
Cartões amarelos: Igor Julião (Ferroviária); Chico, Luís Felipe e João Gabriel (Rio Claro)
Gols: Tiago Adan (35’ do 1º T) e Wanderson (3’ do 2º T) para a Ferroviária; Maurício (45’ do 1º T) para o Rio Claro.

FERROVIÁRIA - Rodolfo; Igor Julião, Wanderson, Marcão e Thallyson; Rafael Miranda, Juninho, Fernando Gabriel (Matheus Rossetto) e Wescley (Rafinha); Tiago Adan (Danielzinho) e Samuel. Técnico: Sérgio Vieira

RIO CLARO - Lucas Frigeri; Luís Felipe, Alex Silva, João Gabriel e Muller; Maurício, Elsinho, Chico e Léo Costa (Fabrício); Índio (Lucas Xavier) e Romarinho (Joãozinho). Técnico: Luis dos Reis

Revista Cidade

Publicidade

Brasil