Brutal Concept Festival Vol II: sábado tem cultura metal no Teatro Wallace Leal

28.09.2018
Brutal Concept Festival Vol II: sábado tem cultura metal no Teatro Wallace Leal

Araraquara será invadida pela mitologia celta com Opus Tenebrae (foto) e Tandra, e pelo som pesadíssimo do Thrash Metal araraquarense de Toxic Death e Despotic Hate

A cultural metal é destaque na programação do final de semana em Araraquara. No sábado, dia 29, o Teatro Wallace Leal recebe o Brutal Concept Festival Vol II, com os portões do teatro sendo abertos às 18 horas. A entrada é gratuita e menores de 14 anos devem ir acompanhados de responsável.

A Prefeitura de Araraquara, por meio da Secretaria de Cultura e Fundart, depois de trazer a primeira e avassaladora edição do Brutal Concept com a banda alemã Divide, agora atende à grande demanda de bandas autorais em ascensão, promovendo uma noite de metal folclórico e brutal thrash metal inesquecível.

Quatro bandas chegam para o festival: Tandra (Curitiba), Opus Tenebrae (Santos), Toxic Death e Despotic Hate – estas duas últimas representando o som pesadíssimo do Thrash Metal de Araraquara. Vale destacar que Tandra e Opus Tenebrae são duas das melhores bandas de Folk Metal do país.

O festival tem entrada gratuita e aguarda os headbangers com estrutura de som e iluminação de alta qualidade: a estrutura montada na quadra da Casa da Cultura contará com cobertura da área do público (duas tendas de 10x10 metros a fim de prevenir de chuva), lanchonete, merchandising das bandas e expositores convidados com venda de discos e camisetas, entre outros.

A classificação indicativa do festival é livre, porém menores de 14 anos devem ir acompanhados por responsável. Será expressamente proibida a venda de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos. Toda a programação é gratuita e os shows terão início às 19 horas.

 

Conheça as bandas do festival:

 

Opus Tenebrae - Opus Tenebrae é uma banda de Santos-SP, com mais de dez anos de atividades que mesclam metal extremo com música celta (gaita de fole, percussão, corais) com influências de black, death, heavy e folk metal. A proposta temática gira em torno de misticismo, ocultismo, mitologia celta, medievalismo e paganismo.

A banda já dividiu palco com bandas como: Eluveitie (Suiça), Finntroll (Finlandia), Suidakra (Alemanha), Skyforger (Letônia) Iron Angel (Alemanha), Black Angel (Peru), Ereb Altor (Suécia), Vulcano, shows com o Krisiun, entre outras bandas de relevância nacional, como Torture Squad e Mystifier.

Em agosto de 2015 lançou o debut CD, auto intitulado, com oito faixas. Além do CD, há a comercialização de material de merchandising como camisetas e adesivos que são vendidos nos shows e também pela internet. Em 2017 a banda realizou a "Celtic Mystery Tour" percorrendo quatro Estados no segundo semestre.

Opus Tenebrae conta com: Roberto Opus (vocal, tambor celta), Décio Andolini (baixo e backing vocals), Marcelo Soutullo (gaita de fole, backing vocals), Alexi Ruiz (guitarra), e Alex Tubara (bateria, backing vocals).

 

Tandra - O Tandra, banda de Folk Metal de Curitiba, combina o peso das guitarras de sete cordas, baixo e bateria, com as melodias do acordeom e da flauta. As músicas misturam a cultura Celta e Viking com traços de Death metal melódico e progressivo, buscando trazer uma temática ainda pouco explorada no metal brasileiro.

Formada em 2012, a banda passa agora por uma nova fase com o foco em composições próprias, buscando fortalecer a cena autoral do rock/metal no Brasil. Após lançar em 2017 seu primeiro single chamado "Open The Bar", a banda estreou sua atual formação no importante festival de metal "Maniacs Metal Meeting", e está no momento gravando o seu primeiro álbum de estúdio.

Tandra tem em sua formação atual: Christopher Schmitt Knop (guitarra e vocal), Felipe Franco (baixo e vocal), Gefferson Franco (guitarra e backing vocal), Felipe Ribeiro (flautas e backing vocal), Carlos Linzmeyer (acordeon) e Max Waltrick (bateria e percussão).

 

Despotic Hate - Em Araraquara, no início de 2014, a banda Despotic Hate foi formada pelos atuais membros do grupo: Pedro Pires (bateria), Gabriel Baroffaldi (baixo) e Maurílio Nespeca (guitarra e vocal). A proposta inicial de Thrash Metal desdobrou-se em uma experimentação da mistura do peso do Death Metal noventista, da pulsão do Hardcore Break Down e da agressividade do Thrash Metal contemporâneo.

Além da pesada proposta sonora, a banda escreve de forma agressiva e substancialmente repulsiva os distúrbios da mente humana, em suas letras. Temas como: o desprezo pela condição humana, a negação dos vícios perturbantes do Homem contemporâneo e a morte e suas diversas ramificações reflexivas. Apesar de tratar temas pessimistas e que muitas vezes tendem a um abismo vital, a proposta da banda envolve uma crítica ao que precede a consciência desse Homem, ou seja, as falhas políticas, o fetiche econômico e o desejo ganancioso dos seres humanos.

O primeiro EP da banda foi lançado em meados de 2014, contando com quatro faixas. Após um ano de seu lançamento, surgiu o primeiro full-lenght, intitulado Despotic Hate, constituído de nove faixas, sendo cinco delas inéditas. No currículo, há shows ao lado de grandes nomes, como Torture Squad e Krisiun, e outras fortes bandas da cena underground.

Atualmente, a banda está em processo de gravação do próximo álbum, o qual também será gravado e produzido de forma totalmente independente.

 

Toxic Death - Toxic Death é uma banda de Thrash/Death Metal de Araraquara, na ativa desde 2014, dando início ao trabalho nas composições de músicas autorais, agressiva, pesada e com um vocal gutural marcante.

Sua formação conta com: Lucas Borba (guitarra), Gustavo Lourenço (guitarra), Fernando Moura (baixo e vocal) e Marcello Kenji (bateria).

A banda já abriu shows de bandas renomadas no cenário do metal nacional e internacional, como Torture squad, Amazarak e Nervochaos.

As composições são influenciadas por várias bandas do cenário Thrash e Death Metal, desde o Thrash Metal Bay Area ao Death Metal Oldschool, como Obituary, Cannibal Corpse, Death, Six Feet Under, Sodom, Possessed, Exodus, Sarcófago, Sepultura e Morbid Angel.

 

Serviço:

Brutal Concept Festival – Vol. II

Local: estacionamento do Teatro Wallace (Av. Espanha, 485 – Centro)

Data: sábado (29 de setembro)

 

Horários:

- abertura dos portões: 18 horas

- início dos shows: 19 horas

 

Grátis

- Classificação indicativa: livre (menores de 14 anos devem ir acompanhados de responsável)

Revista Cidade

Publicidade

Brasil