ABA realiza Festival de basquete no Gigantão

11.06.2018
ABA realiza Festival de basquete no Gigantão

Jogador de basquete, o vereador Cabo Magal Verri, que nos anos 90 atuou no principal time de Araraquara, esteve presente no evento

Algumas crianças podem ser ainda muito pequenas, porém, sonham grande, ou melhor, alto: ser um bom cidadão e, quem sabe, um atleta de basquete. E nenhum dos objetivos está longe. Cerca de 500 crianças de Araraquara, entre 7 e 16 anos participam do Projeto Sonhando Alto, da Associação de Basquete de Araraquara, que reuniu parte dos alunos para um festival de basquete, no Gigantão, na manhã de sábado. O vereador Cabo Magal Verri, que jogou basquete pelo time do Clube 22 de Agosto, que disputava por Araraquara as principais competições estaduais, na década de 90, representou a Câmara Municipal de Araraquara no encontro. Ele foi campeão da séria A2 paulista, vice jogos abertos 94 e nos jogos regionais.

O festival de basquete é realizado quatro vezes durante o ano, com os alunos que se destacam nos cinco polos onde o programa atua na cidade: Selmi Dei (Escola Estadual Ergília Micelli); Cruzeiro do Sul (Escola Municipal Waldemar Safiotti); Central (Escola Estadual Bento de Abreu); Jardim das Estações (Escola Estadual Antônio dos Santos); e na APAE. Deste trabalho já tem atleta a caminho da carreira profissional. Igor Ralha, 16 anos, integra a equipe juvenil de Araraquara, hoje, o principal time da cidade nas competições de alto rendimento. “Falta o espelho, a equipe profissional, para inspirar ainda mais as crianças a participarem dos trabalhos de formação. Estamos trabalhando para isso, buscando apoio do Governo Federal, por meio da Lei de Incentivo do Imposto de Renda, para a formação de uma equipe adulta, em parceria com a Prefeitura”, destacou Geraldo Campesan, presidente da ABA.

 

Apoio de empresas

O projeto da ABA é financiado com o patrocínio de empresas, por meio da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, que renuncia a arrecadação de ICMS, para que elas apoiem a atividade. Além do material esportivo, alimentação de apoio, técnicos, psicólogo e nutricionista o programa tem parceria com as escolas onde os atletas estudam, para acompanhamento do rendimento escolar e até mesmo para transferência de alunos, para poderem jogar.

O projeto de Araraquara já é reconhecido pela principal entidade do basquete brasileiro. A ABA participou da constituição da liga oficial do campeonato brasileiro de basquete, o NBB – Novo Basquete Brasil. Nesta quarta-feira, dia 13, a ABA será homenageada pelo NBB, junto com todos os fundadores da liga. “É um reconhecimento que gera mais responsabilidade para o trabalho realizado em Araraquara”, apontou o vereador Cabo Magal Verri.

 

10 anos em agosto

A ABA tem parceria também com o projeto do basquete feminino da cidade, dirigido pela Roseli Gustavo da Silva, que jogou por 10 anos nas seleções brasileiras de basquete, ao lado de Hortência e Magic Paula, para que as meninas que são destaque no projeto da ABA, sejam incluídas no projeto da campeã mundial, pan-americana e vice olímpica. Dia 1º de agosto a ABA completa dez anos de atividades na cidade.

Revista Cidade

Publicidade

Brasil