Projeto O Som do Cine propõe a exibição de filmes com trilha sonora executada ao vivo

27.08.2019
Projeto O Som do Cine propõe a exibição de filmes com trilha sonora executada ao vivo

Em agosto, o Sesc Araraquara apresenta mais uma edição de O Som do Cine, projeto que proporciona a sinergia entre a música e o cinema. A primeira exibição rolou no mês passado, quando a banda Aeromoças e Tenistas Russas improvisou ao vivo a trilha sonora do filme Encouraçado Potemkin, de 1925. Este mês, na terça-feira (27) mais um clássico vai pra telona: o filme americano o Médico e Mostro (1920), de John S. Robertson. A trilha sonora fica a cargo do pianista Tony Berchmans, que fará com que esta sessão de cinema seja uma experiência audiovisual única.

Na verdade, o cinema nunca foi mudo. Quase sempre as projeções cinematográficas deste período eram acompanhadas por música executada ao vivo. Ao piano, Berchmans improvisa a trilha sonora musical, utilizando temas de sua autoria e excertos de música folclórica ou clássica, sempre em intenso diálogo com a narrativa dos filmes. A música narra as cenas com precisão e, na falta dos diálogos e sons, ela ajuda a contar a história, estabelecendo andamentos, climas emocionais, ambientações dramáticas e pontuações cômicas.

Em 2008, Tony Berchmans assistiu a uma apresentação do pianista Bob Mitchell, então com 96 anos de idade, no Silent Movie Theater em Los Angeles. Bob começou a tocar com doze anos de idade, em 1924, em pleno auge do chamado cinema mudo! Apesar da idade avançada, o lendário músico proporcionou um espetáculo inspirador ao acompanhar dois filmes com técnica e sensibilidade indescritíveis.

Inspirado pela experiência, dois anos depois Berchmans criou seu CINEPIANO Tony Berchmans e desde então vem se apresentando em prestigiados e variados espaços culturais no Brasil. Na Europa, o CINEPIANO foi atração especial em vários eventos relevantes como o NattJazz 2013 (tradicional festival de Jazz de Bergen, Noruega), em 2 edições (2014 e 2016) do Transilvania International Film Festival (Maior festival de cinema da Romênia), no Wide Skies Film Festival (em Hexham, Inglaterra) e no Cinema Museum (Londres), entre outros.

Em setembro, em clima de aventura, O Som do Cine recebe o Grupo Experimental de Música (GEM) para acompanhar o extravagante Tim Burton, em Alice no País das Maravilhas (2010).

 

PROJETO O SOM DO CINE

Convivência

Grátis

Sem retirada de ingressos

O MÉDICO E O MONSTRO, COM O PIANISTA TONY BERCHMANS 

Dir. John S. Robertson

EUA | 1920 | 82 min,

Dia 27/8, terça, às 20h. Livre.

 

ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS, COM GRUPO EXPERIMENTAL DE MÚSICA (GEM)
Dir. Tim Burton

EUA, 2010, 108 min,
Dia 24/9, terça, às 20h. Classificação 10 anos.

Revista Cidade

Publicidade

Brasil