Projeto Nó nos Neurônios traz o longa Magnólia, no Sesc

03.07.2017
Projeto Nó nos Neurônios traz o longa Magnólia, no Sesc

Ação, espaço, tempo: quando estas unidades são quebradas, a tendência é a desorientação do espectador. Sair do lugar comum, no entanto, é fundamental para as narrativas, que precisam da renovação de suas tramas e estruturas e para o público, cansado do que é previsível ou formulaico. Produzidos entre o final dos anos 1990 e o início dos anos 2000, os filmes que compõem esta seleção apostam nas rupturas e na inventividade, atestando: existe vida inteligente no cinema.

 

Magnólia

Dir.: Paul Thomas Anderson

Estados Unidos | 2000 | 188 min  

Um mosaico de personagens e das relações que se estabelecem entre eles enquanto buscam amor, perdão e sentido para a vida.

Dia 4, terça, 20h. Classificação 14 anos. Grátis.

Retirada de ingressos 1 hora antes do início da sessão. 

Revista Cidade

Publicidade

Brasil