Produções de Eugène Green são atração nas telonas do Sesc

11.01.2018
Produções de Eugène Green são atração nas telonas do Sesc

Nascido em Nova York e naturalizado na França, diretor é destaque no cinema autoral contemporâneo

No mês de janeiro, a programação de cinema do Sesc Araraquara traz à tona filmes que abordam as questões familiares, no Projeto “Em Família”. Dando sequência a este recorte, na próxima semana serão exibidos dois filmes do diretor Eugène Green. Ambos trazem a temática familiar e tentam um diálogo com a espiritualidade, uma das características das produções de Green.

Na última terça-feira (9), a atração das telonas foi o longa La Sapienza, quinto filme produzido pelo diretor Eugène Green, vencedor do Prêmio Asecan de Melhor Filme no Festival de Cinema Europeu de Sevilha 2014. 

O diretor, roteirista, ator e escritor volta agora com outra obra igualmente estimulante, O Filho de Joseph (2016), que será exibido no domingo (14), às 14 horas. A realização franco belga, exibida em mostras de prestígio como a seção Forum do Festival de Berlim, contou com a produção dos irmãos Jean-Pierre e Luc Dardenne, renomados cineastas belgas.

O filme retrata o drama de Vincent, um rapaz de 15 anos que, embora criado com amor pela mãe, nunca soube a verdade sobre seu pai – até descobrir que é Oscar Pormenor, editor parisiense egoísta e cínico. Vincent desenvolve um violento plano de vingança, mas seu encontro com Joseph, homem que vive à margem da sociedade, tem um profundo impacto em sua vida e na de sua mãe.

As produções de Eugène Green conjugam inquietações filosóficas e artísticas, além de rigor estético e um peculiar estilo de mise-en-scène.  Green apresenta discussões sobre a arte para traçar paralelos com debates filosóficos mais profundos sobre a condição humana.

As exibições são gratuitas. Para participar basta chegar com uma pequena antecedência e retirar os ingressos gratuitos na Central de Atendimento.

 

O filho de Joseph

Dir.: Eugène Green

França/Bélgica | 2017 | 113 min. 

Dia 14, domingo, 14h. Teatro. Classificação 12 anos. 

Retirada de ingressos 1 hora antes do início da sessão.

 

Revista Cidade

Publicidade

Brasil