O Príncipe é atração do teatrada do próximo domingo

15.09.2017
O Príncipe é atração do teatrada do próximo domingo

Voltado para toda a família, espetáculo é inspirado na vida e obra de Antoine Exupéry e nos fatos que estão por trás da obra “O Pequeno Príncipe”

A Cia. da Casa Amarela estará no Sesc Araraquara no próximo domingo (17), às 11h30 com espetáculo infantil “O Príncipe”. O grupo propõe ao público uma viagem ao coração do escritor francês, abordando os sentimentos de Antoine de Saint-Exupéry, autor da obra. Não é uma adaptação do livro e sim uma história por trás da história. Os ingressos variam de gratuitos à R$10 e podem ser retirados no próprio dia da atividade.

Antoine de Saint-Exupéry  nasceu em Lyon, na França, em 29 de junho de 1900. Foi um escritor, ilustrador e piloto francês, autor de vários livros de sucesso, incluindo Terra dos Homens e seu maior clássico, o famoso O Pequeno Príncipe, amado por crianças, jovens, adultos, enfim, leitores de todo o planeta. “Desejávamos fazer algo diferente e, pesquisando a fundo a biografia do autor e revisitando o livro, descobrimos muitas informações que nos inspiraram nesse espetáculo que agora temos o prazer de dividir com os espectadores: O Príncipe”, explica o diretor. 

A primeira descoberta é que a obra O Pequeno Príncipe nasceu de um diálogo entre Saint-Exupéry e seu editor, quando o autor desenhava um menino, distraidamente. Era o “menino que ainda morava no coração” de Antoine. Esse menino era o próprio autor e foi lançado num livro, O Pequeno Príncipe, no Natal de 1943, para deixar uma mensagem de esperança à humanidade, pois o mundo vivia em plena Segunda Grande Guerra.

Antoine de Saint-Exupéry estava muito triste pois, seu melhor amigo, Léon Werth – a quem ele dedicou o livro –, estava na França, passando fome e frio, por ser judeu. O autor de O Pequeno Príncipe queria tomar um avião e ir até a Europa para salvar o amigo, já que na época, Antoine morava nos Estados Unidos. A estrela amarela que ilustra as últimas páginas do famoso livro, não representa somente o planeta do principezinho, mas também o símbolo colocado nas roupas dos judeus pelos nazistas, durante a guerra.

O livro, O Pequeno Príncipe, revela muitas informações sobre a vida de Exupéry, que os leitores, em geral, desconhecem e que faz muita diferença na compreensão dessa maravilhosa obra: o Príncipe é o próprio autor Antoine de Saint-Exupéry; a Raposa é seu amigo, Léon Werth, e a Rosa representa sua esposa Consuelo de Saint-Exupéry.

A última tarefa de Saint-Exupéry como piloto de guerra foi recolher informações sobre os movimentos de tropas alemãs em torno do Vale do Ródano, antes da invasão aliada do sul da França. Em 31 de julho de 1944, ele partiu de uma base aérea na Córsega e não retornou.  O soldado alemão Horst Rippert assumiu ser o autor dos tiros responsáveis pela queda do avião e disse ter lamentado a morte de Saint-Exupéry. Em 3 de novembro, em homenagem, recebeu as maiores honras do exército. Em 2004, os destroços do avião que pilotava foram achados a poucos quilômetros da costa de Marselha. Seu corpo não foi encontrado.

Serviço:

Espetáculo “O Príncipe”

Dia: 17/9, domingo

Horário: 11h30

Local: Teatro

Classificação: Livre

 

Ingressos:

Grátis (Crianças até 12 anos e matriculados no Sesc / Credencial Plena);

R$ 5,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante);

R$ 10,00(Inteira / Credencial Atividades).

Revista Cidade

Publicidade

Brasil