Mostra Internacional de Cinema de São Paulo é atração no Sesc

14.11.2016
Mostra Internacional de Cinema de São Paulo é atração no Sesc

Com exibições únicas, seleção faz um apanhado do que o cinema contemporâneo mundial tem produzido, além de apresentar tendências, temáticas, narrativas e estéticas

Entre 15 de novembro e 18 de dezembro, o Sesc Araraquara recebe a itinerância da 40ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, exibindo 10 produções de diversos países. Os ingressos, que já estão à venda no portal do Sesc (www.sescsp.org.br) e nas bilheterias das unidades, variam de gratuitos à RS12.

Criada em 1977 pelo crítico de cinema Leon Cakoff, em comemoração aos 30 anos do MASP, a Mostra tem por objetivos promover a arte cinematográfica como forma de aproximação dos mais variados povos e culturas do planeta, valorizar obras de qualidade e favorecer o desenvolvimento do cinema. 

Em seu ano inaugural, exibiu 23 filmes, entre curtas e longas-metragens. Nesta edição, a 40ª do evento, a programação foi composta por 322 filmes, cuja seleção faz um apanhado do que o cinema contemporâneo mundial tem produzido, além de apresentar tendências, temáticas, narrativas e estéticas.

Não só o número de títulos cresceu. A Mostra de Cinema extrapolou o âmbito do MASP e as fronteiras de sua cidade de origem, conforme o desejo de seu criador. Venceu a censura política - que chegou a interrompê-la, em 1984, e a censura econômica, superando a dificuldade da obtenção de recursos no início da década de 1990, época em que o Estado tratava a cultura como um problema de mercado.

O Sesc, que neste mês recebe pela quarta vez a itinerância da Mostra nas unidades do interior do estado de São Paulo, foi co-promotor do evento naqueles tempos difíceis. A Mostra venceu até a morte - a de Leon Cakoff, em 2011. Desde então, sua viúva, Renata de Almeida, dá continuidade à iniciativa.

Em comemoração às quatro décadas de existência, este ano a Mostra trará destaques de suas edições anteriores, compondo diálogos com os filmes inéditos e com a própria história do festival. Exemplo do diretor italiano Marco Bellocchio, que assina a arte do pôster e apresenta seu novo filme, “Belos Sonhos” (13/12), que também esteve na mostra paralela ao último Festival de Cannes. 

Também serão exibidos “A Garota Desconhecida” (20/11), dos irmãos Dardenne, e quem abre a programação no dia 15 de novembro é o filme iraniano de Asghar Farhadi "O Apartamento", vencedor de dois prêmios no último Festival de Cannes: melhor ator para Shahab Hosseini e melhor roteiro para Farhadi, responsável por obras-primas como "À Procura de Elly" (2009), "A Separação" (2011) e "O Passado" (2013).

Ainda em novembro, o Sesc Araraquara traz a produção alemã “13 minutos”, e o filme “Heartstone” (2016), que compõe a programação do Especial Sessão Zoom. Para dezembro, estão reservados: “Eu, Olga Hepnarová”, “Marguerite na Julien”, “Greater Things”, “ Sonho de Greta” e “Mimosas”. 

Serviço

“13 minutos”

Dir: Oliver Hirschbiegel

Dia: 27/11, domingo

Horário: 14h

Local: Teatro

Classificação: 14 anos 

 

Especial sessão zoom 

“Heartstone”

Dir: Gudmundur Arnar Gudmundsson

Dia: 29/11, terça

Horário: 20h

Local: Teatro

Classificação: 12 anos 

 

“Eu, Olga Heparnová” 

Dir: Petr Kazda, Tomás Weinreb 

Dia: 4/12, domingo

Horário: 14h

Local: Teatro

Classificação: 16 anos 

 

“Marguerite and Julien” 

Dir: Valérie Donzelli

Dia: 6/12, terça

Horário: 20h

Local: Teatro

Classificação: 18 anos 

Não será permitida a entrada de menores de 18 anos, mesmo que acompanhado dos pais.

 

“Greater Things” 

Dir: Vahid Hakimzadeh

Dia: 10/12, sábado

Horário: 14h

Local: Teatro

Classificação: 14 anos 

 

“O Sonho de Greta” 

Dir: Rosemary Myers

Dia: 11/12, domingo

Horário: 14h

Local: Teatro

Classificação: livre 

 

Especial sessão zoom

“Belos Sonhos” 

Dir: Marco Bellocchio

Dia: 13/12, terça

Horário: 20h

Local: Teatro

Classificação: 16 anos

 

“Mimosas” 

Dir: Oliver Laxe

Dia: 18/12, domingo

Horário: 14h

Local: Teatro

Classificação: livre

Revista Cidade

Publicidade

Brasil