Leonardo da Vinci vem para o presente em Meu Amigo Inventor

02.06.2017
Leonardo da Vinci vem para o presente em Meu Amigo Inventor

No Teatrada desta semana, o encontro de Leonardo da Vinci com Caterina fala sobre as diversões das crianças de hoje e da importância de errar e aprender

No próximo domingo (4/6), às 11h30, a Cia de Copas apresenta seu segundo espetáculo infantil, “Meu Amigo Inventor”, no Projeto Teatrada do Sesc Araraquara. De forma lúdica, a peça trata das relações humanas, seja para crianças ou adultos. Para assistir ao espetáculo basta retirar os ingressos, que vairam entre gratuitos e R$10 reais, no dia da apresentação, a partir das 9h30.

Caterina é uma garota de dez anos, aspirante a cientista, que passa o dia inventando trecos e cacarecos. Certo dia, ao testar uma de suas maiores invenções denominada “Venha Raios”, o inexplicável acontece: um dos maiores pintores de todos os tempos, Leonardo Da Vinci, surge em sua frente, vindo diretamente do século XV para os dias de hoje. E o que uma menina de dez anos tem a ensinar para o grande cientista, arquiteto, inventor e artista Leonardo da Vinci? Muitas coisas novas! 

Com atenção especial às relações humanas, a peça cria discussão sobre as formas com que as crianças se divertem hoje em dia. Ao ver que Caterina passa todo seu tempo livre só do lado de dentro de casa – com suas invenções e imaginação – Da Vinci se depara com a realidade de muitas crianças modernas que se escondem por serem diferentes, que se recluem com a premissa de que não precisam de mais nada, que com os aparatos tecnológicos atuais, é possível conhecer o mundo todo sem sair de casa. E aí levanta-se a questão: “Mas por que não sair de casa?”. 

Preocupado, Da Vinci também tem muito pra aprender com o jeito espevitado de Caterina. Ele, que nos últimos anos estava habituado com a pressão de criar apenas sob demanda, reaprendeu o prazer e a diversão que podem estar contidos nas novas invenções e descobertas. “Apesar da peça ter um tema que conversa com a tecnologia, nós priorizamos os aspectos humanos do encontro dessas duas figuras”, contam Luciana e Victor, fundadores da Cia de Copas. Eles ressaltam que a montagem não tem a narrativa de uma aventura eletrizante e sim de uma história sensível e singela. 

O cenário criado por Victor Merseguel, intérprete de Da Vinci, mescla objetos e inventos rústicos de madeira, bem ao estilo do século XV, com invenções modernas de uma criança, como pequenas esculturas feitas com utensílios e objetos “esquecidos” pelos seus pais.  A direção é assinada por Fernando Escrich, que, segundo Luciana e Victor, trouxe a este trabalho um olhar muito especial e sensível, com bastante diversão e humor. 

 

Sobre a Cia de Copas 

Hugo, os Imaginários e a Cidade do Medo, que estreou em 2012, foi o primeiro trabalho produzido pela Companhia de Copas com texto e  direção assinados por Celso Correia Lopes. O espetáculo aborda o medo e suas vertentes, baseado na relação entre adultos e crianças, experiência e inocência, tendo a narrativa como estrutura central. 

Meu Amigo Inventor, de 2011, é o segundo espetáculo infantil da Cia. Neste novo trabalho, Luciana Castellano e Victor Merseguel assinam o texto em co-autoria com Celso Correia Lopes e convidam o diretor Fernando Escrich para a direção geral do espetáculo por seu olhar minucioso e divertido, buscando uma encenação que agrega poesia, graça e leveza. Como em seu primeiro espetáculo, escolhem como linguagem de trabalho, se debruçar e experimentar a narrativa de forma pura, pelo olhar inocente de uma criança que está começando a refletir sobre as coisas e descobrindo que a vida pode ter um sabor todo especial.

 

Serviço:

Espetáculo “Meu amigo inventor”

Dia: 4/6, domingo

Horário: 11h30

Local: Teatro

Classificação: livre

 

Ingressos:

Grátis (Crianças até 12 anos e matriculados no Sesc / Credencial Plena);

R$ 5,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante);

R$ 10,00(Inteira / Credencial Atividades).

Revista Cidade

Publicidade

Brasil