Filme A Ilha do Milharal encerra as sessões do Projeto em Família

02.02.2018
Filme A Ilha do Milharal encerra as sessões do Projeto em Família

O drama é uma produção independente, que representou a Geórgia na competição pelo Oscar de Melhor Filme Estrangeiro na última edição da premiação 

Em janeiro o Sesc Araraquara exibiu filmes que tratavam principalmente das questões familiares e suas complexidades. No próximo domingo (4), às 14 horas, o longa metragem “A Ilha do Milharal” (2014), dirigido por George Oshavili, encerra este ciclo. A sessão é gratuita – basta retirar os ingressos com no máximo uma hora de antecedência, na Central de Atendimento do Sesc.

Premiada em 11 das 22 indicações recebidas, o filme se destaca pela falta de diálogos e pela trilha sonora que se mistura aos sons da natureza. Embora seja um drama, a tensão acompanha a trama do começo ao fim. A história gira em torno de um camponês (Ilyas Salman) e sua neta (Mariam Buturishvili), que cuidam de uma plantação de milho em uma ilha no curso do rio Enguri, divisa entre dois países em conflito, a Geórgia e Abkhazia. A passagem do tempo, que desgasta e constrói as ilhas, marca o amadurecimento da jovem e a obstinação do velho, ambos submetidos às forças da natureza e da guerra civil.

 

Serviço:

A Ilha do Milharal

Dir.: George Oshavili

Geórgia/Alemanha/França/República Tcheca/Cazaquistão/Hungria | 2014 | 100 min. 

Dia 4, domingo, 14h. Teatro. Classificação 12 anos.

Retirada de ingressos 1 hora antes do início da sessão.

Revista Cidade

Publicidade

Brasil