Em(pilhamento) - Bancos-Paisagem: obra do Território da Arte pode ser vista na frente da Biblioteca Municipal

12.06.2018
Em(pilhamento) - Bancos-Paisagem: obra do Território da Arte pode ser vista na frente da Biblioteca Municipal

Imagens poéticas de Silvia Ruiz propõem um respiro ao caos da cidade, com bancos empilhados

Cansada do caos gerado pelo excesso de “tudo” - pessoas, carros, casas, prédios, poluição, barulho, trabalho, amores – a artista plástica Silvia Ruiz, de São Paulo, traz seu trabalho para o Território da Arte de Araraquara: por meio da técnica do lambe-lambe, ela propõe um “respiro” ao caos, com seus bancos empilhados - um contraponto à infatigável agitação das cidades, que não dá brecha para o repouso, a pausa, a contemplação.

“Em(pilhamento): Bancos-Paisagem” é a instalação, apresentada na fachada da Biblioteca Municipal Mario de Andrade (aplicada na parede lateral da Biblioteca Infantil Monteiro Lobato, com vista para a Avenida Espanha).

“Venho trabalhando e me dedicando principalmente com a técnica da gravura, fazendo imagens de grandes dimensões e pesquisando seus possíveis desdobramentos. Como resultado tenho obtido imagens poéticas das cidades vistas por dois temas inusitados, bancos e cadeiras. De toda espécie e sempre vazios”, aponta Silvia Ruiz.

A artista conta que, em seus projetos para “parede”, sempre pensa em aplicar a técnica do lambe-lambe, bastante comum nos muros das cidades. Com a matriz do banco feita em xilogravura, Silvia faz com que a mesma imagem se repita, criando árvores e nuvens em extensão da parede. Na Biblioteca são 240 banquinhos “empilhados”.

“Seria o desejo de repouso no meio do caos da cidade? O caos impondo-se ao repouso?”, questiona. “Trata-se de arte eminentemente urbana e a parede da cidade ao meu ver é o melhor lugar para expô-la, justamente porque temos esta grande diversidade de pessoas e fluxos”.

Silvia Ruiz já realizou inúmeros trabalhos e cursos, focados tanto no mundo acadêmico quanto cultural. Pós-graduada em “Arte: Crítica e Curadoria” pela Pontifícia Universidade Católica, tem participado de várias exposições coletivas, bienais e salões de Arte Contemporânea no Brasil e exterior. Possui trabalhos em gravuras no acervo de alguns museus, como: Pinacoteca do Estado de São Paulo, Pinacoteca de São Bernardo do Campo/SBC, Casa da Xilogravura em Campos de Jordão, MARP Ribeirão Preto - entre outros.

Ainda, coleciona prêmios e menções honrosas, em Salões de Arte, como de São Caetano, Santos, Itapecerica da Serra, Franca, Guarulhos.

A instalação “Em(pilhamento): Bancos-Paisagem” pode ser visitada até o dia 06 de julho. A Biblioteca Municipal Mario de Andrade está localizada à esquina da Rua Carlos Gomes (n° 1729) com a Avenida Espanha.

 

Serviço:

Território da Arte de Araraquara apresenta:

“Em(pilhamento): Bancos-Paisagem”, intervenção com lambe-lambe de Silvia Ruiz

Local: Biblioteca Municipal Mario de Andrade - esquina da Rua Carlos Gomes (n° 1729) com a Avenida Espanha (a obra pode ser vista pela Avenida Espanha)

 

Grátis

Revista Cidade

Publicidade

Brasil