Duo de cordas traz show com choros, jazz e samba

01.03.2017
Duo de cordas traz show com choros, jazz e samba

Em duo de 14 cordas, Fabiano Marchesini sobe ao palco do Sesc Araraquara com o violonista e compositor Alessandro Penezzi 

O Sesc Araraquara apresenta na sexta-feira (3), às 20 horas, show com Fabiano Marchesini, que nesta oportunidade convida o virtuosíssimo violonista e compositor Alessandro Penezzi para um duo de 14 cordas. O repertório traz composições próprias e releituras de choros, jazz e sambas. A apresentação é gratuita e aberta ao público.

Guitarrista e violonista, Fabiano Marchesini ganhou seu primeiro violão aos cinco anos. Estudava violão erudito e guitarra elétrica, o que fez com que desde muito cedo estivesse tocando em vários grupos musicais da cidade de Araraquara e região. Formado pelo Conservatório de Tatuí, atua também como professor há 24 anos.

Dos grupos que participou estão Batucada Brazuca, Quarteto Café, Mania de Samba, Os Canhotos, Ponto de Fusão, Gafi e Meia e atualmente é integrante do Trio Instrumental Zabumbê. Durante essa trajetória acompanhou diversos instrumentistas e compositores como Paulo Moura, Oswaldinho do Acordeon, Heraldo do Monte, Monarco das Portela, Jair Rodrigues, Ângela Maria, Leci Brandao, Luis Ayrão, Benito de Paula, Anai Rosa, e muitos outros. Gravou os discos de musica instrumental da Mostra Instrumental do Conservatório de Tatuí com os Grupos Batucada Brazuca e Quarteto Café. Também com o Grupo Quarteto Café gravou um álbum com participações de Nickolas Krassik, Henrique Cazes, Alexandre Ribeiro e Henrique Cazes e Paulo Flores. 

Em 2015 gravou seu primeiro cd solo com musicas autorais, que reúne um repertorio de musica brasileira nas mais variadas vertentes, que conta com a participação de músicos renomados do cenário musical instrumental brasileiro. 

O convidado para este show, Alessandro Penezzi, natural de Piracicaba/SP,  iniciou seus estudos de violão também na infância. Compositor e arranjador, toca também o violão de 7 cordas, violão tenor, cavaquinho, bandolim e flauta. Formou-se em violão erudito em 1997, pela Escola de Música de Piracicaba, sob a orientação do Maestro Ernst Mahle e do Prof. Sérgio Belluco, que também lhe mostrou o universo do Choro. Bacharelou-se em Música Popular pela Unicamp em 2005. . 

Integrou importantes grupos instrumentais brasileiros como: Regional do flautista Carlos Poyares; Trio Quintessência; Grupo Choro Rasgado; Projeto Violões do Brasil; Duo com Maestro Laércio de Freitas; Trio com Yamandú Costa, Rogério Caetano; Trio com Sizão Machado e Alex Buck; Duo com Alexandre Ribeiro; 

Sua técnica apurada e virtuosismo são reconhecidos pela crítica. Suas composições já foram gravadas por artistas como Yamandú Costa (Dayanna), Beth Carvalho (Acabou a Brincadeira) e Danilo Brito (Abraçando). Em 2011, abriu o show da lenda viva do Jazz – Wayne Shorter, na 30a edição do Spokje Jazz Festival, na Macedônia. A cada novo álbum consolida uma carreira de criatividade e maturidade.

 

Serviço:

Show Fabiano Marchesini convida Alessandro Penezzi

Dia: 3/3, sexta

Horário: 20h

Local: Garimpo

Classificação: Livre

Grátis

Revista Cidade

Publicidade

Brasil