Contando a Africa em contos....

30.03.2018
Contando a Africa em contos....

Companhia Colhendo Contos e Diáspora Negra traz aos pequenos do Teatrad,contos africanos, que trazem como tema amizade, família, morte, amor, respeito e cooperação

A Companhia Colhendo Contos e Diáspora Negra estará no Sesc Araraquara no próximo domingo (1º/4), compondo a programação do Projeto Teatrada, que naoportunidade terá entrada gratuita para todos os públicos. A partir das 11h30, apresentam um conjunto de narrativas carinhosamente escolhidas e colhidas em Etiópia - “Os Reis de Gondar”, Gana - “Os Sete Novelos” e Angola - “Os Comedores de Palavras”, que abordam relações cotidianas como amizade, família, dor, morte, amor, respeito e cooperação.

É característico de alguns povos africanos partilhar histórias e ensinamentos através da oralidade de geração em geração. Os contadores de histórias, também conhecidos como mestres “griôs” são sábios importantes e respeitados pelos seus povos. Através da ludicidade, cantos nativos em dialetos e idiomas. A Cia. respeitosamente se investiu desses “griôs” para compartilhar as histórias, a fim de exaltar a importância, o valor e a beleza de elementos do continente africano. Com isso, o grupobusca prover a representatividade para o público negro e o conhecimento para os demais espectadores, contribuindo com o processo de empoderamento e trabalhando diretamente na formação, informação e no combate ao racismo.

Em “Os Reis de Gondar”, da Etiópia, as questões estão relacionadas à solidariedade, amizade, respeito e humildade. Por meio da relação do encontro de dois homens, um humilde camponês e um caçador que, ao se perder de sua aldeia, necessita da ajuda... O camponês o ajuda a encontrar o caminho de volta e desse encontro nasce uma bela amizade. Na adaptação de “Os sete Novelos”, um conto sobre uma família axânti de Gana, a relação familiar é o tema principal: a importância da união, do trabalho em equipe, da divisão de tarefas, do respeito ao espaço do outro, e de como os sete irmãos, que só viviam discutindo, tiveram que enfrentar juntos momentos difíceis após a perda dos pais. O terceiro e último conto “Os Comedores de Palavras”, de Angola, trata de uma bela história de superação. Uma garota viaja mundo afora com seu pai, um contador de histórias. Após a perda do pai, vê-se impossibilitada de continuar o legado deixado por ele. Disposta a desistir de tudo segue vagando em busca de manter um silêncio eterno mas, depois que pessoas especiais cruzam seu caminho, ao relatar suas aventuras, naturalmente descobre-se, apta a assumir o legado do pai.

 

  • Sobre a Companhia

A Cia. Colhendo Contos e Diásporas Negras nasceu em 2016 da união de profissionais, atores, arte educadores – amigos. Primeiro o desejo de contar histórias, em seguida o desejo de resgatar os valores da própria história, acessandosuas raízes, nseusancestrais e por fim, a combinação desses desejos que perpassam por vasta pesquisa, pelo acesso às memórias. Da união desses esses elementos nasce o espetáculo “Contando África em Contos”.

 

Serviço

Espetáculo Contando África em Contos

Dia: 1/4, domingo

Horário: 11h30

Local: Garimpo

Classificação: Livre

Grátis

 

Revista Cidade

Publicidade

Brasil