Bienal Internacional de Gravura está aberta para visitação

06.10.2016
Bienal Internacional de Gravura está aberta para visitação

Programação gratuita está disponível no Teatro Municipal e na Casa da Cultura com 89 obras de 18 artistas internacionais e 37 artistas nacionais convidados

O Teatro Municipal Prefeito Clodoaldo Medina está repleto de obras incríveis, que integram a Bienal Internacional de Gravura Lívio Abramo. O evento teve início na última sexta-feira, com a abertura oficial do evento que homenageia Lívio Abramo, ilustre gravador, ilustrador, desenhista araraquarense.

Diversos artistas estiveram presentes na abertura, assim como alunos da rede municipal. O destaque ficou por conta da participação de aproximadamente 100 alunos do NEJA – Núcleo de Educação de Jovens e Adultos que puderam conhecer mais sobre a literatura de cordel, já que um dos destaques da abertura foi uma homenagem ao Cordel apresentada pelos alunos da Escola Municipal de Dança Iracema Nogueira, com a coreografia “Sertanias”, sob direção de Carlos Fonseca. Ainda, numa ação educativa da Secretaria Municipal da Cultura e Fundart, todos os presentes ganharam um livreto sobre Cordel.

"A abertura foi demais, criativa e muito artística! Parabéns a toda equipe, foi emocionante! E parabéns a todos os artistas participantes, as obras estão incríveis", defendeu o artista Renato Goldschmidt, de Campinas.

A Bienal este ano reúne um total de 18 artistas internacionais e 37 artistas nacionais convidados, somando 89 gravuras, tendo sido todas elas doadas a Pinacoteca Municipal Mario Ybarra de Almeida. Este ano a Bienal traz a participação de seis estados brasileiros: São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Ceará, Mato Grosso e Bahia, além de 13 países: Austrália, Canadá, Egito, Espanha, Estados Unidos, França, Grécia, Irâ, México, Portugal, Reino Unido, Suíça e Taiwan.

“Nesta edição contamos com um grupo de artistas nacionais e internacionais que apresenta obras incríveis. Temos mais um ano de gravuras belíssimas ao alcance da nossa população, com programação totalmente gratuita. Esta Bienal é uma oportunidade de, além de conhecermos os novos talentos da gravura, também entrarmos em contato com a obra já consagrada do Lívio Abramo”, comentou o secretário municipal da Cultura, Ge Negrão.

As obras em exposição no Teatro Municipal são compostas por gravuristas convidados (nacionais e internacionais) e amostra se estende para a Casa da Cultura Luiz Antônio Martinez Corrêa, onde estão: aSala Especial Lívio Abramo e a Sala dos Cordelistas.

Na Sala Especial Lívio Abramo consta, além de suas obras, inúmeros documentos, curiosidades e informações cobre a vida do ilustre artista. O material é pertencente ao acervo da Pinacoteca Municipal e ao Arquivo Histórico Municipal. Também, a Bienal faz uma homenagem aos cordelistas, mostrando a influência que a gravura de Cordel tem, junto à Literatura de Cordel ou Literatura Popular.

Milton Najm, organizador da Bienal, lembra que a exposição da 4ª Bienal Internacional de Gravura Lívio Abramo segue até o dia 29 de outubro, com entrada gratuita. “As escolas interessadas podem realizar agendamento prévio pelo fone (16) 3333- 1159”, sugere. “Temos visitas guiadas especiais para os alunos conhecerem mais o trabalho do Lívio Abramo e também sobre a Literatura de Cordel”.

O horário para visitação é: Teatro Municipal, de segunda à sexta-feira, das 12h15 às 17h45, (também é possível visitar aos finais de semana, quando houver programação no teatro - informações: 3336-5183); na Casa da Cultura, de segunda à sexta-feira, das 12h15 as 20h45, aos sábados das 9h15 às 12h45.

 Serviço:

4ª Bienal Internacional de Gravura Lívio Abramo

Locais:

- Teatro Municipal Prefeito Clodoaldo Medina (Av. Bento de Abreu, s/nº - Praça Lívio Abramo – Fonte Luminosa)

Visitação: de segunda à sexta-feira, das 12h15 às 17h45; e nos finais de semana com programação no teatro (informações: 3336-5183)

- Casa da Cultura Luiz Antônio Martinez Corrêa (Rua São Bento, 909 – Centro)

Visitação: de segunda à sexta-feira, das 12h15 as 20h45; aos sábados, das 9h15 às 12h45

Visitação: até 29 de outubro

Entrada gratuita

Revista Cidade

Publicidade

Brasil