Rodrigo Ribeiro pode colocar o bolsonarismo na sucessão de Araraquara

18.03.2020
Rodrigo Ribeiro pode colocar o bolsonarismo na sucessão de Araraquara

A largada da corrida eleitoral em Araraquara já foi dada, e pelo que se vê, a briga por espaço político será acirrada. Afinal já são 7 os nomes aventados para a disputa da cadeira de Edinho Silva, alguns deles tradicionais na política araraquarense e outros que desembarcam agora no processo eleitoral, caso do jovem bolsonarista Rodrigo Ribeiro (Sem partido), citado nos bastidores como nome do PRTB. Se os murmúrios de confirmarem, Rodrigo levará o bolsonarismo para debate da sucessão local e haverá, aí sim, um verdadeiro representante da direita nas eleições locais. 

 

Bolsonarismo no pleito

Rodrigo é ligado ao Movimento Conservador e era o responsável na cidade por recolher assinaturas para viabilizar o novo partido do presidente, o Aliança Nacional. O trabalho, porém, foi suspenso por algum tempo e sabe-se que a orientação de Bolsonaro aos seus seguidores é para que eles se envolvam nos pleitos municipais e levem o ideário bolsonarista para o debate das sucessões. O problema seria o partido: em São Paulo, parece, a preferência seria por uma aliança com o Patriotas, que em Araraquara já tem Lapena como nome para puxar a chapa. Não sobraria espaço para o jovem tentar decolar.

Revista Cidade

Publicidade