PSL está paulista sob intervenção e Executiva de Araraquara pode mudar

23.10.2019
PSL está paulista sob intervenção e Executiva de Araraquara pode mudar

De acordo com o apurado pelo jornal O Imparcial o Diretório Nacional do PSL destituiu na última segunda-feira, 14, toda a Executiva Estadual de São Paulo, presidida pelo deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidente da República. A decisão, motivada pela “guerra” deflagrada entre os dois blocos em que se dividiu o partido, um comandado pelo deputado Luciano Bivar e outro pelo clã Bolsonaro, deve ter consequências em praticamente todas as executivas municipais que sofreram intervenção recentemente, e a de Araraquara não ficará fora disso.

A briga, porém, está em pleno curso, com liminares e ações na justiça, além de muitas articulações por todo o país, especialmente no eixo são Paulo/Minas/ Rio de Janeiro. as informações desta terça-feira, 24, são conta de uma quase virada de mesa em Brasília, e ao menos por enquanto, muito do que já era tido como certo está em compasso de espera. O PSL de São Paulo está nas mãos do Movimento Conservador, ex-Direita São Paulo, capinatenado em todo o País por Edson Salomão. Em Araraquara o grupo é liderado pelo jovem Rodrigo Ribeiro, atual presidente da Executiva local do PSL.

 

Bozella e Custódio?

De acordo com informações de bastidores, 21, já estaria definido que o deputado Júnior Bozella assumiria os destinos do PSL de São Paulo já a partir do dia 1º de novembro. A ascensão de Bozella deve reconduzir Marcos Custódio ao cargo de presidente da Executiva municipal do partido. Custódio e seu grupo foram substituídos pelo jovem Rodrigo Ribeiro, presidente do Movimento conservador de Araraquara no final de julho, em decisão tomada pelo próprio Eduardo Bolsonaro e seu grupo de confiança. Custódio é homem de confiança, e assessor parlamentar do deputado Júnior Bozella. O aumento da temperatura no embate Bivar/Bolsonaros nas últimas horas, inclusive com a judicialização da briga, parece ter criado um impasse na sigla.

 

Douglas Garcia suspenso  

Quem esteve em Araraquara no último sábado foi o deputado estadual Douglas Garcia, assessorado na região pelo presidente do Movimento Conservador, Rodrigo Ribeiro. Garcia participou do evento em comemoração aos dois anos de fundação do movimento na cidade, falou sobre as lutas do grupo, mas não quis comentar o imbróglio envolvendo seu grupo e o PSL. Informações de bastidores dão conta de que o deputado foi suspenso pela direção nacional da agremiação, e estaria impedido de representa-la em eventos e comissões criadas na Assembleia Legislativa.

Revista Cidade

Publicidade

Brasil