Município regulariza situação de monitores e técnicos de esportes

29.06.2018
Município regulariza situação de monitores e técnicos de esportes

Executivo realizou concurso público e está chamando aprovados, encerrando contratos temporários e atendendo acordo com o Ministério Público

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer, realizou concurso público e regularizou a situação dos monitores e técnicos de esportes. Os aprovados no concurso estão sendo chamados pelo Executivo para a contratação, o que vai garantir a ampliação do programa Escolinhas de Esportes.

No início de 2017, quando o prefeito Edinho iniciou o mandato, os monitores e técnicos estavam com salários atrasados havia meses, já que o Ministério Público proibiu a contratação desses profissionais como cargos comissionados. No entendimento do MP, as funções são de carreira.

Então, Prefeitura e Ministério Público fizeram um acordo para contratação temporária de monitores e técnicos, por seis meses, até a abertura de concursos para essas funções. O objetivo era manter o atendimento das Escolinhas de Esportes em todos os bairros e resolver a situação dos trabalhadores que estavam sem receber salários.

Após o envio de projeto para a Câmara, criando os cargos necessários, os processos seletivos público foram realizados e os profissionais foram contratados temporariamente, enquanto os concursos eram realizados. Ao término do prazo, estabelecido pelo Ministério Público, de seis meses, os contratos temporários foram extintos para que, consequentemente, os aprovados em concurso fossem chamados.

Segundo o secretário de Esportes e Lazer, Everson Inforsato, o Dicão, os bairros não ficarão sem monitores e técnicos esportivos. Oferecendo 16 modalidades para crianças e adolescentes (entre 6 e 16 anos) de diversos bairros da cidade, as Escolinhas de Esportes começaram 2017 com 3.220 alunos. No momento, o número de atendidos é mais de 6 mil.

“Trata-se do nosso principal programa na área do esporte porque acreditamos na inclusão social e na construção da cidadania por meio da prática esportiva. O programa teve importância estratégica no primeiro governo do prefeito Edinho e assim será nesta administração. Escolinhas de Esportes significam menos crianças e adolescentes nas ruas e mais distantes da criminalidade”, destacou o responsável da Pasta.

 

 

Revista Cidade

Publicidade

Brasil