Massucato receberá Bolsonaro na segunda

26.04.2018
Massucato receberá Bolsonaro na segunda

Filiado ao PSL há poucos dias, e tido como o grande nome do partido na região de Araraquara para às eleições de outubro, o empresário Valdir Massucato estará na próxima segunda-feira, 30, em Ribeirão Preto, onde acompanhará o deputado federal Jair Bolsonaro na cerimônia de abertura da Agrishow.

Líder em todas as pesquisas de intenção de votos para a Presidência da República, Bolsonaro conta com a candidatura de Massucato como trunfo para o fortalecimento do PSL na região de Araraquara. A ideia, a princípio, é criar musculatura partidária para a disputa das eleições municipais de 2020, mas o projeto pode ir muito além disso.

Historicamente um partido alinhado com a liderança regional de Marcelo Barbieri, o PSL de Araraquara parece estar escapando da área de influência do emedebista. É corrente nos bastidores da política que a agremiação estaria indo para as mãos de duas conhecidas lideranças locais, o Tenente Rudi Bauer e o Coronel Brito.

Com fama nos bastidores da política de “partido de aluguel”, o PSL de São Paulo passa nos dias de hoje por grandes mudanças, a começar pela própria direção estadual, que depois de anos sob o comando de Roberto Siqueira (hoje no Prós), recebeu a adesão de homens da confiança de Jair Bolsonaro, como o Major Olímpio, até há pouco grande nome do PDT de São Paulo.

As mudanças também acontecem por cidades do interior paulista, com o partido buscando lideranças consolidadas, ou potenciais. O objetivo é tornar o PSL uma agremiação competitiva para o pleito deste ano, e forte para 2020, deixando de ser um partido satélite e assumindo o papel de protagonista.

Em Araraquara, embora cogitado para a disputa de uma cadeira na Assembleia Legislativa, Valdir Massucato pode surpreender. E isso, porque o filho de Jair Bolsonaro, Eduardo, deve ser confirmado como candidato a deputado federal, o que pode gerar mais um daqueles fenômenos de votos que surpreendem nas urnas e derrubam bastante a linha de corte para eleger um candidato.  

Ou seja: Massucato também passa a ser cotado para sair a federal em Araraquara. No caso, dependendo do resultado de Eduardo, poderia precisar de poucos votos para conseguir uma cadeira em Brasília, o que, já na primeira eleição, mudaria drasticamente o status do PSL local.

Revista Cidade

Publicidade

Brasil