Governo Dória lança programa para recuperação de estradas vicinais

11.12.2019
Governo Dória lança programa para recuperação de estradas vicinais

O Governador João Doria e o Secretário de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, anunciaram nesta sexta-feira (1º) o programa Novas Vicinais, que prevê a recuperação de 11,4 mil quilômetros de vias no estado de São Paulo. Ao todo, serão 1.103 estradas vicinais que receberão obras para recuperação da pista, pavimentação das estradas em terra e melhorias em sinalização e sistema de drenagem.

"As estradas vicinais têm importância significativa no interior e litoral de São Paulo. Elas são usadas para o escoamento da produção agrícola - nosso estado tem 22% da produção agrícola nacional -, acesso aos portos e aeroportos, deslocamento da população aos centros urbanos e de consumo e fomento ao turismo", disse Doria.

O programa foi criado após amplo levantamento realizado pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem) e serviu de base para a formação de uma nova matriz logística de São Paulo. A prioridade será para vicinais que ligam polos geradores de serviços e rodovias estaduais, além de estradas que dão acesso a municípios.

Na primeira fase, serão investidos R$ 2,8 bilhões entre recursos do Estado e de financiamentos internacionais em obras de 224 estradas vicinais, totalizando 2.600 quilômetros de vias recuperadas.

 

Lançamento em Araraquara

Em reunião realizada na última segunda-feira, 9, o auditório do DER, o secretário de Logística e Transportes do Estado de São Paulo, João Otaviano Machado Neto, apresentou o programa ao prefeito Edinho Silva e aos prefeitos e autoridades da região. 

"Investir em melhorias nas nossas vicinais é garantir mais agilidade e segurança no transporte da produção agrícola da nossa região, além de fomentar as economias regionais. É uma iniciativa, que, com certeza, tende a aquecer a economia regional, gerar emprego e renda nos municípios atendidos", declarou o vice-prefeito Damiano Neto. 

Para que as obras sejam realizadas, é necessária a formalização de convênios entre o Governo do Estado e prefeituras. Os trâmites técnicos e a análise de documentação para celebração dos contratos estão a cargo do DER.

Após o convênio, o cronograma de contratação das intervenções será programado e monitorado pelo DER, que concentrará esforços para que os serviços sejam realizados dentro do prazo estipulado e gere o menor impacto possível à população.

O secretário afirmou, no encontro, que as vicinais têm papel relevante para a logística do Estado, já que colaboram para o escoamento agrícola, industrial e dão acesso às regiões turísticas. Com o programa, o transporte da produção agrícola ganhará agilidade e segurança em todas as regiões de São Paulo, além do incremento às economias regionais.

Antes de seguir para o aeroporto estadual "Bartholomeu de Gusmão", onde conheceu a estrutura do local acompanhado do vice-prefeito Damiano Neto, o secretário João Otaviano recebeu demandas de prefeitos e vereadores da região que participaram do encontro no DER Araraquara.

Revista Cidade

Publicidade