Exposição Famílias Eternas permanece na Câmara até 23 de fevereiro

14.02.2018
Exposição Famílias Eternas permanece na Câmara até 23 de fevereiro

Reunindo fotos, objetos e documentos históricos de famílias Mórmons, exposição é uma viagem ao passado e incentiva as pessoas a pesquisarem seus antepassados e montarem suas árvores genealógicas

Em exposição até o próximo dia 23 de fevereiro, peças, documentos e objetos de famílias Mórmons de Araraquara levam o visitante a uma maravilhosa viagem ao passado da cidade, época de ouro da Estrada de Ferro Araraquar (EFA), Companhia Paulista de Estradas de Ferro, Escola de Belas Artes, Conservatório Dramático e Musical, dentre outros.

Organizado pela Ala 3 da Igreja  de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em parceria com a Câmara Municipal, a exposição pretende motivar as pessoas a voltarem maior atenção para seus antepassados, buscando maiores informações sobre eles e resgatando as história de suas famílias.

Detentores do maior da maior biblioteca genealógica do mundo, os Mórmons são referência quando se trata de genealogia, e é através de ferramentas disponibilizadas no portal www.familysearch.org, que qualquer cidadão pode iniciar suas pesquisas e buscar suas origens, seus antepassados e construir sua árvore genealógica. E para isso, basta inserir o nome de um antepassado que você tenha em mãos.

No familysearch você pode encontrar muitas informações e muitos recursos para guiá-lo em sua pesquisa, como os seis passos básicos para fazer a pesquisa de história da família.

O site é um dos serviços de genealogia online mais conhecidos e é gratuito. Ele é administrado pela Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e está ligado à maior coleção de recursos genealógicos do mundo e a uma rede mundial de centros de pesquisa. 

O site contém bilhões de nomes de mais de 110 países e territórios e inclui o Censo dos Estados Unidos de 1880, o Censo Canadense de 1881, o Censo Britânico de 1881, o banco de dados de Ellis Island, os Registros do Freedman’s Bank, Europeus e abrange desde os registros de igrejas inglesas do século XIV, até histórias africanas transmitidas oralmente.

 A Igreja atualmente trabalha em um grande projeto de digitalização de microfilmes e outros registros que acrescentarão bilhões de nomes à coleção nos próximos anos. 

Criada, justamente para fomentar o interesse pela genealogia, a organização da exposição disponibiliza aos visitantes recursos com instruções em como pesquisar seus antepassados, além de outros impressos como “Família: Proclamação ao Mundo” e “Minha Família” para os que desejam iniciar o registro de sua árvore genealógica.

 

Serviço:

Exposição “Famílias Eternas”

De 23 de janeiro a 23 de fevereiro de 2018

Local: Saguão da Câmara Municipal de Araraquara

Horário: Segunda à sexta, das 9h às 18h

Revista Cidade

Publicidade

Brasil