Briga de gente grande e uma eleição diferente

18.03.2020
Briga de gente grande e uma eleição diferente

Quando Marcelo Barbieri fala sobre inserir o pleito de Araraquara em um grande acordo para alavancar um projeto nacional, no caso o do governador João Dória, o ex-prefeito ilustra bem o tamanho da eleição municipal de Araraquara neste momento da política nacional. O pleito aqui tem um significado muito maior do que normalmente teria: aqui a briga não é apenas para vencer o prefeito de plantão. Aqui, a briga é para desalojar Edinho Silva, um dos maiores nomes do PT em nível nacional, e um dos únicos grandes nomes do governo Dilma ainda com mandato. 

 

Briga de gente grande

Outro dado: se a simbologia da eleição local é grande, todo mundo na oposição quer ter a primazia de derrotar o atual prefeito local. João Dória quer vencer Edinho, mas em tempos de renovação dos quadros do PSDB, quer fazê-lo com um nome do partido, levar o mérito e até mesmo usar o feito como uma bandeira da nova fase tucana. Barbieri, por sua vez, e até por ter história no executivo araraquarense, parece ter mais trânsito e aceitação entre os partidos de oposição. O cenário em Araraquara, portanto, parece ainda estar longe de uma definição.

 

Revista Cidade

Publicidade