Ações diminuem em 60% registros de queimadas urbanas

14.12.2018
Ações diminuem em 60% registros de queimadas urbanas

Secretário de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública enumera série de ações positivas em Araraquara em 2018

Em balanço de 2018 sobre sua pasta, o secretário municipal de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública, coronel João Alberto Nogueira Júnior, enumerou uma série de ações no período, destacando a redução de 60% do número de queimadas urbanas em Araraquara nos últimos dois anos com a 'Operação Estiagem'.

Leia, na sequência, o resumo das ações:

 

Cidadania – Houve um crescimento do programa 'Guardando o Amanhã', voltado à cidadania com noções sobre educação de trânsito e ambiental. Lançado em 2017 pelo governo do prefeito Edinho, em dois anos o programa atingiu 1.500 crianças – 930 somente neste ano -, da rede escolar do município.

O programa passou por revisão e o material didático já está pronto para ser apresentado em mais uma edição em 2019. A proposta é levar informações temáticas para crianças, que repassam o conteúdo aos seus pais como um fator multiplicador do programa. "A Guarda Municipal e agentes da Defesa Civil e de Fiscalização do Trânsito participam dessas ações de forma bastante abrangente", disse o secretário.

 

Segurança pública – Esses trabalhos foram desenvolvidos em vários momentos na cidade, principalmente durante o Carnaval, a Facira, no aniversário da cidade e nos jogos universitários. "Os eventos exigiram um planejamento de segurança, principalmente em relação à Facira, com apoio da Prefeitura e participações efetivas da Atividade Delegada da Polícia Militar e dos agentes de fiscalização e controle do Trânsito".

O secretário João Alberto acrescentou que o balanço de todas essas ações é bastante positivo, já que não foi registrada nenhuma ocorrência grave durante essas atividades. "Para manter o controle da situação, também deslocamos câmeras de segurança para monitorar os eventos", acrescentou.   

 

Chuvas e estiagem – Ainda de acordo com João Alberto, para a operação 'Chuvas de Verão' foi assinado um decreto pelo prefeito Edinho e "houve um engajamento forte de todos os órgãos envolvidos e o balanço também é positivo em relação ao programa". Lançada em 2017, a operação proporcionou nestes dois anos uma redução de até 60% das queimadas urbanas em Araraquara, em comparação com 2016.

Foram registradas 273 ocorrências ou focos de incêndio na cidade em 2018; 436 ocorrências em 2017; e 623 em 2016, segundo o coronel. "É uma época do ano bastante difícil, mas graças ao empenho de todos os órgãos envolvidos, como as comissões municipal e estadual da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros, e as campanhas educativas, com a participação fundamental do Daae – Departamento Autônomo de Água e Esgotos, foi possível a redução das ocorrências", ressaltou.

 

Prontidão - As equipes já estão prontas para a nova 'Operação Chuvas de Verão', de 15 de dezembro a 15 de março, período de fortes precipitações pluviométricas que demandam muito trabalho e esforços das equipes. A preocupação maior é com a possibilidade de um vendaval inesperado, que normalmente provoca alagamentos.

João Alberto Nogueira Junior acrescentou que a Defesa Civil emitirá relatórios diários para serem repassados aos cidadãos, via redes sociais e Secretaria Municipal de Comunicação, para evitar os transtornos. "Principalmente em relação aos vários pontos de alagamentos existentes na cidade, que são monitorados por câmeras de vídeo", explicou.

 

Revista Cidade

Publicidade

Brasil