ACIA participa da histórica inauguração do Hospital São Francisco

12.04.2019
ACIA participa da histórica inauguração do Hospital São Francisco

Evento marcou a reinauguração do histórico prédio da antiga Beneficência Portuguesa, todo ele recuperado e remodelado pelo São Francisco.

Com a presença de diretores e do seu vice-presidente, Luis Fernando Petroni, na ocasião representando o presidente da entidade, José Janoni Júnior, em viagem de negócios no estado da Bahia, a Associação comercial e Industrial de Araraquara (ACIA) participou na noite dessa quinta-feira, 11, da histórica cerimônia de inauguração do Hospital São Francisco de Araraquara, antiga Beneficência Portuguesa.

Representativo, o evento contou com a presença centenas de convidados, entre autoridades e empresários de Araraquara e região, além de diretores do Grupo São Francisco Saúde, um dos maiores do País no setor.

Falando aos presentes durante o cerimonial, o prefeito municipal Edinho Silva agradeceu ao São Francisco pelo investimento em Araraquara, que reforça nosso sistema de Saúde com um moderno hospital e profissionais de alto gabarito.

“Fazer o que vocês fizeram aqui, comprando um hospital tradicional, com um prédio histórico, investir os valores que vocês investiram é um orgulho para nós. Agradeço, em nome do povo de Araraquara. Muito obrigado! ”, disse o prefeito.

Representando o Poder Legislativo, o vereador, e presidente da Câmara, Tenente Santana, lembrou que a cidade já teve três hospitais públicos no passado, lamentando a diminuição de leitos que Araraquara registrou depois do fechamento da Beneficência. “A inauguração de hoje é um marco para todos nós”, destacou.

Em nome da direção do São Francisco, falou o Presidente Executivo da Diretoria do Grupo, Dr. Lício Cintra, que lembrou os 65 anos de trajetória da empresa, destacando o fato o São Francisco contar hoje com cerca de 2 milhões de beneficiários.

“Queria começar cumprimentando cada colaborador, cada pedreiro que participou da obra de reforma e recuperação desse prédio de quase 100 anos, histórico para Araraquara e que hoje volta a funcionar em sua plenitude”, falou.

O diretor ressaltou ainda uma característica muito própria do estilo de administração do São Francisco, que ele considera muito importante. “Nosso Grupo tem paciência, entende a cultura local. Quando entramos em Araraquara ouvimos muitas coisas. Diziam que tudo mudaria, que não seria bom. Enfrentamos barreiras, fizemos a unidade do Pronto Atendimento, passamos a utilizar a Santa Casa, grande parceira nossa até hoje, e desde o início priorizamos pessoas e serviços locais. Investimos aqui, porque essa é a nossa cultura”, destacou

Lício, então, passou a enumerar as qualidades de Araraquara para explicar melhor as razões que fizeram o Grupo São Francisco investir tanto na cidade. “Imaginamos que Araraquara pode se transformar em um polo ainda maior de Saúde, e por isso entendemos que a inauguração do Hospital São Francisco é muito importante”, afirmou.

“O Grupo São Francisco é um dos nossos principais parceiros, e é uma satisfação imensa a Associação Comercial e Industrial de Araraquara fazer parte dessa história e estar presente neste momento de retomada na área da Saúde do nosso município”, afirmou o vice-presidente da entidade, Luis Fernando Petroni.

Participaram ainda do evento, dentre outros Executivos do São Francisco, o Sr. Onécio Prado, Presidente do Conselho de Administração do grupo e a Sra. Carla Musa, também do Conselho de Administração.

 

Saiba mais sobre o Grupo São Francisco

Operadora de Saúde que mais cresce no País há quatro anos, a São Francisco Saúde conta hoje com pouco mais de 7,5 mil funcionários.

O Hospital São Francisco de Araraquara faz parte da rede própria da operadora do Grupo, a São Francisco Saúde, que conta com outros sete hospitais e tem expertise para oferecer serviços com a máxima qualidade e o melhor acolhimento aos pacientes.

A estrutura da operadora em Araraquara inclui também uma Clínica de Especialidades Médicas que realiza consultas em diversas especialidades, um Centro Avançado de Oncologia (CAON), Laboratório de Análises Clínicas (Hemac), unidade de pronto-atendimento, unidade administrativa para emissão de guias e comercial para vendas de planos. Os beneficiários da cidade já têm à disposição 45 prestadores com capacidade para realizar até 12.500 atendimentos ambulatoriais por mês.

De acordo com o apurado pela reportagem, todo o projeto de reestruturação do hospital foi calculado em mais de R$ 60 milhões, tudo com o objetivo de torná-lo um centro de excelência em saúde da região. Com a reforma concluída, Araraquara passará a atender os municípios vizinhos, que antes eram direcionados a Ribeirão Preto.

Revista Cidade

Publicidade

Brasil