Votação do OP Digital já começou no site da Prefeitura

11.05.2018
Votação do OP Digital já começou no site da Prefeitura

População pode escolher os três temas que serão levados à Plenária Presencial da Cidade, em 13 de junho, no antigo Clube Estrela


O OP Digital está de volta para a temporada 2018 do Orçamento Participativo. A partir desta sexta-feira (11), à 0h01, até o dia 11 de junho, às 23h59, a população de Araraquara tem a oportunidade de escolher os temas que serão debatidos na Plenária da Cidade, em 13 de junho, às 19h, no antigo Clube Estrela.

O OP Digital pode ser acessado no site da Prefeitura (www.araraquara.sp.gov.br). Basta clicar no banner "OP Digital" no topo da página para iniciar o processo de votação online. 

A Plenária da Cidade é diferente das regionais e das outras temáticas, pois escolhe um investimento ou obra que atenda toda a população de Araraquara. “Não é uma coisa regional. As pessoas irão selecionar uma obra que vai atender toda a cidade”, explica o coordenador de Participação Popular, Alcindo Sabino.

Cada morador da cidade tem direito a um voto no OP Digital. É só responder a pergunta: “Na sua opinião, qual dos assuntos abaixo é o mais importante para Araraquara?”. Os três temas mais votados ao final do processo serão debatidos na plenária presencial, quando sugestões de obras serão apresentadas pela plenária e apenas um investimento será incluído no Orçamento de 2019.

O internauta tem as seguintes opções de voto no OP Digital: Cultura, Desenvolvimento Econômico, Educação, Esporte, Habitação, Meio Ambiente, Patrimônio Histórico, Programa de combate à pobreza, Programa de combate às drogas, Programa para crianças e adolescentes, Qualificação profissional, Saneamento, Saúde, Segurança Pública, Trânsito, Transporte público e Zeladoria da cidade. No ano passado a etapa digital contou com quase 1,2 mil votos.

Na Plenária da Cidade de 2017, a população escolheu a reabertura do Pronto-Socorro do Melhado como obra a ser incluída no Orçamento deste ano. Esse projeto já teve autorização do Ministério da Saúde e as reformas devem começar em breve.

Revista Cidade

Publicidade

Brasil