UPA da Vila atendeu em média 107 pessoas por dia desde início da pandemia

23.07.2020
UPA da Vila atendeu em média 107 pessoas por dia desde início da pandemia

Levantamento realizado pela Prefeitura Municipal aponta que cerca de 10.7 mil pessoas já foram atendidas no Polo de Triagem e Atendimento Estratégico da Covid-19, na UPA da Vila Xavier, desde a primeira quinzena de abril, quando teve início o atendimento médico naquela unidade. Os números registram atendimentos realizados entre 13 de abril e 20 de julho.

Antes uma UPA, a unidade entrou passou a atender apenas pessoas com sintomas de síndromes gripais, em uma decisão tomada pela Secretaria Municipal de Saúde logo no início do avanço da pandemia de Coronavírus no País. Deste total de atendimentos, 105 pacientes permaneceram em observação.

Ainda de acordo com o balanço dos atendimentos referentes ao Coronavírus divulgado nesta quarta, o hospital de campanha instalado no Jardim Ártico, com 20 leitos de UTI e 31 leitos de enfermaria, somou 148 internações decorrentes da Covid-19 desde sua abertura, na primeira quinzena de maio.

Também foram contabilizados pela Secretaria Municipal da Saúde, desde o início da pandemia, mais de 14 mil exames para Coronavírus realizados em Araraquara, através de parcerias firmadas com a Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) e a Universidade de Araraquara (Uniara). No total, foram 6.653 exames realizados junto à Unesp e 7.458, junto à Uniara.

No mesmo período, a Secretaria Municipal da Saúde realizou outros 238 atendimentos em residência de pacientes acima de 65 anos. Esse protocolo de atendimento residencial ao grupo de risco também é um dos pontos fortes do monitoramento dos positivados, assim como os 1.990 testes rápidos que foram aplicados nesta população entre os dias 6 e 17 de julho, que  servirão para a realização de um inquérito sorológico dos idosos do município.

Além disso, também desde o início da pandemia, em março, quando foi criado o Disque-Saúde do Coronavírus (0800-771-7723), o serviço recebeu 3.084 ligações. Já o Apoio Psicológico também realizado por telefone (3305-5609, das 8h ao 12h e das 14h às 18h) recebeu 221 ligações.

 

 

Revista Cidade

Publicidade