Projeto Nossa escola contra à Dengue sensibiliza alunos, pais e moradores do Jardim Ieda para o combate ao Aedes aegypti

30.03.2019
Projeto Nossa escola contra à Dengue sensibiliza alunos, pais e moradores do Jardim Ieda para o combate ao Aedes aegypti

CER do Jardim Iedda mobiliza a comunidade escolar no combate à dengue

A comunidade escolar do CER Rosa Ribeiro Stringhetti, no Jardim Iedda, desenvolveu durante essa sexta-feira (29) uma atividade pedagógica sobre o combate à dengue. A ação integra o projeto "Nossa escola contra à Dengue" desenvolvido em todas as 43 unidades escolares da educação infantil da rede municipal de ensino.

O projeto idealizado pela Secretaria Municipal da Educação, por meio da Gerência da Educação Infantil, da Gerência de Formação Continuada e do Laboratório Pedagógico da Educação Infantil (Lapei), tem como objetivo a elaboração e implementação de ações permanentes sobre a temática, por meio de brincadeiras e outras ações educativas, que possibilitam à criança ser mediadora, levando informação e conhecimento sobre a prevenção e o combate ao mosquito, à comunidade ali inserida.

A diretora do CER, Maria Isabel Lindolfo, explica que o projeto começou por iniciativa da própria escola, no início do ano letivo, em função da situação epidêmica em que a cidade vive.

"Os educadores começaram a trabalhar a conscientização das crianças, enquanto agentes multiplicadores das informações que estavam recebendo a respeito do combate à Dengue", explicou ela. O trabalho de sensibilização com as crianças foi feito por meio de vídeos, músicas, apresentações teatrais, entre outras atividades.

"O objetivo das atividades foi despertar nas crianças a responsabilidade de cada um, dentro dessa temática", acrescentou Maria Isabel.

Ainda de acordo com a diretora, o trabalho gerou o envolvimento de toda comunidade do entorno da escola. "As famílias começaram a procurar a escola e os alunos fizeram excursões pelo bairro em busca de criadouros, passando orientações aos moradores da região", disse, ressaltando que a escola pretende dar continuidade ao projeto, durante todo o ano.

A coordenadora pedagógica do CER, Lívia Ferreira de Abreu Cavalheiro, uma das idealizadoras do projeto na escola, explica que as atividades formativas junto ao Lapei foram essenciais no desenvolvimento do projeto. "Foi importante para que pudéssemos  passar o tema para as crianças de uma forma lúdica, divertida, mas também conscientizando, trazendo essa importância de ter esse trabalho com o lixo".

Ela destaca que toda a comunidade escolar se envolveu no projeto, que contou com o comprometimento de toda a equipe. "A escola, enquanto ambiente de saberes, tem que ter esse compromisso social e foi uma ótima oportunidade para aproximar as famílias", avaliou.

Na próxima quarta-feira (03) uma atividade similar deve ocorrer no CER Anunciata Lia David, localizado no Jardim Hortênsias.

Revista Cidade

Publicidade

Brasil