Prefeitura renegocia com fornecedores e parcela R$ 18 milhões em dívidas

16.02.2017
Prefeitura renegocia com fornecedores e parcela R$ 18 milhões em dívidas

Chamando os fornecedores para renegociação, um por um, a Prefeitura conseguiu parcelar R$ 18 milhões em dívidas de curto prazo com quase 20 empresas de diferentes ramos de atuação. A lista inclui fornecedores das áreas de vale-alimentação, material escolar, transporte, limpeza pública, telefonia, tecnologia da informação, construção, energia elétrica, entre outras.

O objetivo do parcelamento foi dar um ‘fôlego’ à Prefeitura neste início de novo mandato para manter a prestação de serviços à população em dia, segundo o secretário de Gestão e Finanças, Donizete Simioni. O secretário informou que a estratégia vai continuar e que a Prefeitura seguirá renegociando com os fornecedores. "Comm quem não conversamos ainda, nós vamos conversar”, avisa.

Simioni declarou ainda que com o sucesso obtido nas renegociações a administração já iniciou a recuperação da frota da Prefeitura e a reabastecer a rede básica de Saúde com medicamentos que estavam em falta há muito tempo. "Já gastamos R$ 1 milhão com o reabastecimento da rede”, afirmou o prefeito Edinho. A Secretaria da Saúde informou que de 31 de dezembro até agora, o número de remédios em falta caiu de 103 para 33.

De acordo com o anunciado pelo prefeito em vídeo no Facebook, os restos a pagar da Prefeitura caíram R$ 35 milhões em janeiro: de R$ 87 milhões para R$ 52 milhões.

Revista Cidade

Publicidade

Brasil