Parque do Basalto será revitalizado e reaberto

23.01.2020
Parque do Basalto será revitalizado e reaberto

Reserva ambiental do Jardim Pinheiros receberá investimento de quase R$ 568 mil para que volte a receber visitação pública e projetos educacionais

A Prefeitura e o Daae (Departamento Autônomo de Água e Esgotos) assinarão nesta sexta-feira (24) a ordem de serviço para a revitalização do Parque do Basalto. O evento está marcado para as 9h e será no próprio parque, na Avenida São João, s/n, no Jardim Pinheiros.

Com a revitalização, que tem prazo estimado de 3 meses, o Parque do Basalto poderá ser reaberto para visitação pública e para o desenvolvimento de projetos educacionais. O investimento será de R$ 567.912,79, com recursos do Fundo Municipal de Desenvolvimento Ambiental.

O projeto contempla a implantação de um Centro de Educação Ambiental e diversas melhorias em toda a área do parque, como a instalação de quiosques, de escada de acesso à cachoeira, de passarela e a reforma do guarda-corpo já existente, entre outros serviços.

"Nós vamos devolver o Parque do Basalto para a comunidade. É uma das áreas verdes mais importantes da cidade, com uma biodiversidade muito grande. É um local de grande importância para o turismo de Araraquara e que também terá um Centro de Educação Ambiental", afirma o superintendente do Daae, Donizete Simioni.

O Parque do Basalto ocupa área de 65 mil m² e chama a atenção pela rica biodiversidade, com mais de 150 espécies de animais e 350 tipos de plantas, sendo 200 espécies de árvores nativas. O local também tem cachoeira e paredões de rocha basalto originados após o resfriamento de derrames de lava ocorridos há mais de 120 milhões de anos.

 

História

O espaço ocupado pelo parque sediou uma pedreira que explorou o basalto existente no solo entre 1938 e 1965, quando a empresa foi desativada. A área ficou abandonada até 1996, quando ocorreu o interesse da Uniara (Universidade de Araraquara) pela construção de um parque ecológico no local.

A cessão da área à Uniara, pelo prazo de 20 anos, foi oficializada no dia 5 de junho de 1998, Dia Mundial do Meio Ambiente. A inauguração do parque para visitação pública ocorreu em 2000.

O local esteve sob responsabilidade da Uniara até 2018, quando a gestão do parque foi repassada para o Daae. A autarquia municipal efetua manutenção permanente (roçagem, varrição e poda de vegetação), além de vigilância 24 horas por dia.
 

Revista Cidade

Publicidade