Obras do Pronto-Socorro do Melhado seguem em ritmo acelerado

01.02.2019
Obras do Pronto-Socorro do Melhado seguem em ritmo acelerado

Tratada com prioridade pela atual administração, as obras do antigo Pronto Socorro do Melhado seguem em ritmo acelerado, entrando agora na parte de hidráulica, elétrica e acabamento. Principal responsável pelas ações que culminarão na reabertura da antiga unidade de saúde, o prefeito Edinho Silva esteve no local mais uma vez, desta feita acompanhado pelo secretário interino de Obras e Serviços Públicos, José Antenor Corrêa da Silva.

"As obras estão indo muito bem. Praticamente toda a parte de alvenaria, de assentos de tijolos, está encerrada. Agora vai começar a parte hidráulica, elétrica e o acabamento. O sonho de nós reabrirmos o Pronto-Socorro do Melhado está cada vez mais próximo", declarou o prefeito.

O Ministério da Saúde liberou R$ 8 milhões para a reabertura da unidade do Melhado: R$ 4 milhões para reformas, adequações e construção dos leitos-dia, além de outros R$ 4 milhões para a compra de equipamentos para o retorno do centro de diagnóstico, com exames de imagens e laboratório.

Os principais objetivos na reabertura da unidade de saúde são o suporte às UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), a diminuição do número de internações na Santa Casa e, com isso, a otimização de recursos para utilizar com outros procedimentos no hospital, como cirurgias eletivas. Segundo a Secretaria de Saúde, a Prefeitura investe R$ 2,5 milhões mensais com internações na Santa Casa, que atende Araraquara e mais 17 cidades da região.

A  unidade do Melhado terá 20 leitos hospitalares e estrutura de apoio e diagnóstico, com exames laboratoriais, ultrassom, tomografia, raio-x, endoscopia e colonoscopia.

Outro avanço será em relação ao diagnóstico rápido de casos de AVC (Acidente Vascular Cerebral), que exige tomografia dentro dos primeiros 45 minutos a 1 hora, e de infarto agudo do miocárdio.

Revista Cidade

Publicidade

Brasil