Nova Estúdios: produção com muito amor pela música

30.08.2016
Nova Estúdios: produção com muito amor pela música

Sob o comando de Gabriel do Vale, espaço dispara como referência no interior de São Paulo quando o assunto é gravação de bandas de rock

“Estou lidando com sonhos, com arte. Então não posso deixar o artista sair com um algo menos do que ótimo”. É com este pensamento que o produtor araraquarense Gabriel do Vale, de 31 anos, encara cada trabalho que bate à porta de seu estúdio de gravações, o Nova, localizado em Araraquara.

Na ativa há seis anos, o local é hoje um dos mais concorridos do Interior de São Paulo, sendo referência na produção de bandas de rock ´n´roll, principalmente. Mesmo aberto a outros gêneros, este acabou sendo o foco do Nova por conta da ligação de Vale com o gênero, que ele diz ter conhecido com nomes como Iron Maiden, Nirvana e Pearl Jam. 

“O rock está no meu sangue. E vivo isso há quase 25 anos, tendo mais afinidade. Mas tudo acontece de uma forma natural, porque consigo entender exatamente o que o artista está buscando, chegando na referência que o mesmo busca”, ressalta.

Responsável por todo o processo, que envolve captação, edição, mixagem e masterização, Vale é autodidata, porém fez workshops e cursos com nomes como Paulo Anhaia (Charlie Brown Jr e Nx Zero) e Adair Daufembach (Project 46, Hangar e John Wayne). 

“O bom de assinar todas essas etapas é que posso tomar decisões antecipadas, pensando em um determinado objetivo. Logo, não tenho nenhuma surpresa em um estágio seguinte. E para evitar ainda mais os problemas: estudar, estudar e estudar. Tudo isso para conhecer cada vez mais técnicas e abordagens”, ressalta.

Assim, com tantos detalhes, um laço de amizade avança os limites musicais. “Toda gravação cria um vínculo entre produtor e artista. Dar vida a um EP ou disco é um trabalho árduo, muito demorado e recheado de detalhes. Os músicos chegam a passar 10 horas dentro do estúdio, por exemplo”, contextualiza.

‘Eu aprovo’
Com agenda lotada, Gabriel do Vale divide seus trabalhos no Nova Estúdios em gravações ao fins de semana e mixagens em dias comerciais. Este é o esquema, preferencialmente. Porém, ele abre exceções em casos extremos.

Por lá, passaram importantes bandas da cidade como Dead Or Alive, Corréra, Super Over, Eletrofan, Crookhead, Os Castilhos, Intranze, Blanka, Drive to Glory, No Hands, Fabricio Pereira, entre outros. 

Da Região, destaque para Vegga e Dysnomia. Os grupos do próprio Gabriel do Vale, House Goes Down e Nebraska, nos quais ele toca guitarra e baixo, também disputam espaço em meio aos clientes.

“O Nova tem um nível impensável para o Interior do São Paulo. Ter o Gabriel do Vale em Araraquara é um ponto para a forte cena de Araraquara e Região. Se você quiser ter um trabalho com qualidade para apresentar para o mundo, com certeza este é o lugar perfeito. Recomendo com os olhos fechados”, diz Charlie Nelson, guitarrista da Dead or Alive.

Quero gravar!

Curta a página do Nova! no facebook e fique por dentro de todas as novidades. Lá, você também encontra vídeos e um telefone para contato.

Texto: Matheus Vieira
Foto: Deivide Leme/Reprodução

Revista Cidade

Publicidade

Brasil