Morre Aparicio Dahab

27.01.2016
Morre Aparicio Dahab

Ao lado do irmão, empresário dirigiu alguns dos mais tradicionais estabelecimentos da história da cidade, como o Boliche (em frente a igreja Matriz), a Kibelanche, o Porão e a choperia Barril

Araraquara perdeu nessa terça-feira, 26, um dos mais importantes e realizadores empresários da história da cidade, Aparicio Dahab, proprietário da tradicional Kibelanche, que por décadas serviu o araraquarense na Rua 9 de Julho, mais tarde mudando-se para a Rua 5 e meio, onde permanece até hoje.

Aparício Dahab nos deixou depois de passar por uma pequena cirurgia.


Empresário do setor de alimentação desde os anos 50, Aparicio Dahab, além de criador da Kibelanche, também foi proprietário do Boliche, que nos anos 60 e 70 mobilizava os jovens da cidade na Rua São Bento (3), diante da igreja Matriz. Tempos depois, no mesmo local, funcionou o Gimba, que veio a se tornar um dos principais restaurantes da cidade e também de propriedade do empresário.

Nos mesmo nos anos 60 e 70 Aparicio manteve outro "barzinho" que dominava as atenções noturnas dos jovens araraquarenses, o Porão, que funcionava na esquina da Avenida Portugal, com a Rua São Bento (3), exatemente em baixo do Hotel Municipal - hoje, seu sobrinho Abud mantêm uma loja no local.

Outro tradicional e conhecido estabelecimento de propriedade do empresário foi a Choperia Barril, que ficava na Rua São Bento (3), entre as Avenidas José Bonifácio e Feijó. A Casa funcionou durante todos os anos 70 até o final dos 80, quando deu lugar a um prédio de apartamentos.

Dahab também foi presidente da Associação Comercial e Industrial (ACIA), fundador e presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SinHoRes), diretor da Federação da mesma categoria, onde ajudou a construir um novo perfil para os empresários do setor.

Revista Cidade

Publicidade

Brasil