Mais antigo em atividade no Brasil, Tiro de Guerra pede manutenção em infraestrutura

04.10.2018
Mais antigo em atividade no Brasil, Tiro de Guerra pede manutenção em infraestrutura

Alertada quanto aos problemas vividos pelo Tiro de Guerra 02/002, de Araraquara, a vereadora Thainara Faria (PT) esteve, nesta segunda-feira (01), na sede da corporação, localizada na Vila Xavier, juntamente com o secretário de Obras, João Bernal, para verificar a situação das demandas do local. O ex-atiradores Marcos Reis e Rogério Alves, além do funcionário Du Barbosa, apresentaram as necessidades do prédio.

Na parte interna, há infiltrações, rachaduras e a tinta de paredes estão descascando. Os banheiros, tanto masculino quanto o feminino, precisam de manutenção. Na parte externa, as vigas da fachada causam preocupação, pois, como a água da chuva escorre por elas e não há um escoamento equilibrado, buracos são encontrados no chão. O asfalto existente na área de instrução está esfarelando e necessita de uma nova camada. A quadra poliesportiva também requer uma revitalização.

 

Tiro mais antigo do Brasil

É importante ressaltar de que o Tiro de Guerra de Araraquara é o mais antigo do Brasil, ainda em atividade, sendo inaugurado em 1911. “É compreensível a necessidade de reparos como os mostrados aqui. É uma estrutura antiga”, reforça Barbosa.

João Bernal se colocou a disposição para sanar os problemas. “Vou encaminhar uma equipe para averiguar as reivindicações. Em relação ao asfalto do pátio de instrução, o que podemos fazer é buscar recursos para recapear o mais breve possível”, pontuou.

 

Fiscalizando

Thainara Faria destacou a importância de fiscalizar com a presença do Executivo. “As coisas se resolvem com mais agilidade. Por isso, sempre que possível, solicito a presença de alguém do secretariado. Vou acompanhar e auxiliar para que as demandas do TG sejam atendidas”, afirmou.

 

Revista Cidade

Publicidade

Brasil