Dia Mundial do Autismo terá ações e eventos na cidade

31.03.2018
Dia Mundial do Autismo terá ações e eventos na cidade

Em parceriia com entridades do Setor, a Prefeitura de Araraquara realiza, na próxima segunda-feira, uma série de atividades que devem marcar a passagem do Dia Mundial de Conscientização do autismo na cidade. A ação acontece em frente ao Paço Municipal, das 9h às 15h.

As atividades acontecem por meio da Assessoria Especial Políticas para Pessoas com Deficiência (vinculada à Coordenadoria de Direitos Humanos da Secretaria Municipal de Planejamento e Participação Popular) em parceria com o CER (Centro Especializado em Reabilitação), Ampara (Associação de Pais e Amigos dos Autistas de Araraquara), Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), Defensoria Pública do Estado de São Paulo e Câmara Municipal, por meio do mandato do vereador Roger Mendes.

Como parte das atividades do dia 02 de abril, o Grupo de Trabalho do Autismo, criado pela Portaria nº 24.873, de abril de 2017, entregará ao prefeito Edinho os resultados dos trabalhos com a proposta atendimento especializado em Transtorno do Espectro Autista para a criação de um Centro de Referência Municipal.

No decorrer do evento, a população terá a oportunidade de consultar as entidades e instituições participantes para sanar dúvidas sobre o autismo. Apresentações de dança também fazem parte da programação.

A coordenadora executiva de Direitos Humanos, Maria Fernanda Luiz, explica que o objetivo da ação é ajudar a conscientizar e informar a população sobre o que é o autismo e como lidar com essa condição que afeta milhões de pessoas em todo o mundo.

“As atividades buscam trazer a temática do autismo para discussão, uma vez que se faz necessário trabalhar para que quebremos os preconceitos e barreiras que afetam cotidianamente as pessoas com deficiências aparentemente invisíveis”, explica a coordenadora de Direitos Humanos.

A assessora especial de Políticas para Pessoas com Deficiência, Elisa dos Santos Rodrigues, destaca a importância do evento. “Para além da conscientização da população araraquarense no que se refere a essa temática, esperamos que as atividades contribuam para o reconhecimento e a valorização das pessoas autistas”, pontua.

Ainda como parte da programação, na quinta-feira (5), das 9h às 10h, haverá atividades físicas para crianças autistas no Parque Adaptado Anna Laura, ao lado da Apae, na Vila Xavier. À tarde, às 15h, no Plenário da Câmara, acontece a mesa-redonda “Vamos falar do autismo?”, com Karina Maia, que é mãe de uma criança autista, presidente da Ampara, graduada em Administração de Empresas e graduanda em Pedagogia, e Cássia Maria Canato, pedagoga especialista em Educação Especial, psicopedagoga e gerente de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação.

 

Autismo

O autismo é caracterizado por dificuldades na socialização, na comunicação e no comportamento. A condição afeta cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo, sendo 2 milhões somente no Brasil.

O transtorno se manifesta de formas diferentes em cada pessoa, variando de mais leve a mais grave. O diagnóstico é feito por um médico neuropediatra e por uma equipe multidisciplinar. As causas do autismo são desconhecidas e não existe cura, mas quando diagnosticado precocemente, há mais chances de melhora do quadro e desenvolvimento da criança.

O Dia Mundial da Conscientização do Autismo foi estabelecido pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 2007. A data é simbolizada pela cor azul, pois o autismo é mais comum em meninos.

Para chamar a atenção da sociedade e propor um olhar mais atento sobre o autismo, a Prefeitura vai iluminar de azul o Paço Municipal ao longo da próxima semana.

Revista Cidade

Publicidade

Brasil