Coronavírus - Guarda já realizou 1983 atendimentos por denúncias ou descumprimento do decreto de quarentena

16.04.2020
Coronavírus - Guarda já realizou 1983 atendimentos por denúncias ou descumprimento do decreto de quarentena

O Comitê de Contingência do Coronavírus, instituído pela Prefeitura de Araraquara, esteve reunido nesta quinta-feira (16) para avaliação e novas deliberação de ações com vistas a combater a transmissão do Covid-19.

De acordo com o informado pelo comitê, o efetivo da Guarda Municipal, justamente com equipes de fiscais do Procon, da Prefeitura e com apoio dos Agentes de Fiscalização de Trânsito, têm se empenhado e estão nas ruas para garantir o cumprimento do decreto.

Segundo dados da Secretaria municipal de Cooperação dos Assuntos de Segurança Pública, desde o dia 23 de março, quando o decreto foi publicado e começou a vigorar, foram registrados 1983 atendimentos, entre orientações e denúncias de descumprimento do Decreto. 

Foram feitos 671 atendimentos presenciais para verificação de irregularidades e 18 BOs foram registrados e transformados em multas aplicadas aos infratores. Também foram contabilizados 19 apoios às ações da Rede de Solidariedade do Município, incluindo auxílio na entrega de alimentos e medicamentos. 

De acordo com o balanço do Procon Araraquara, foram visitados/fiscalizados, em média, 10 estabelecimentos por dia, num total de 170, até o momento. Estas ações resultaram em 4 autuações e no fechamento de 5 estabelecimentos comerciais que descumpriam o decreto municipal de calamidade pública.

O Comitê reforça a importância do cumprimento do decreto municipal de calamidade pública, cujo principal objetivo evitar a aglomeração de pessoas e restringir a circulação das mesmas, em prol do bem coletivo.

O isolamento social se mostra eficiente no mundo todo como medida de enfrentamento do Covid-19 e para o achatamento da curva de contaminação da doença. "Achatar a curva" é uma medida crucial para evitar a sobrecarga dos serviços de saúde e limitar o número de mortes.

Denúncias por telefone relativas a abuso nos preços, irregularidades com relação ao decreto e falta de produtos no mercado foram cerca de 30 ligações por dia, somando mais de 500 neste período. 

O Comitê volta a ressaltar que qualquer cidadão pode realizar denúncia na Ouvidoria Geral do Município (Disque 156) e no canal telefônico da Guarda Civil Municipal (Disque 153). 

O telefone para denúncias do Procon Araraquara é o 3301-3131 (das 9h30 às 16h30).

 

Foto: ilustrativa

 

Revista Cidade

Publicidade