Coronavírus - Araraquara já começa a preparar hospital de campanha e abre 400 vagas de emprego temporário

25.03.2020
Coronavírus - Araraquara já começa a preparar hospital de campanha e abre 400 vagas de emprego temporário

Serão abertas até 400 vagas de emprego temporário para a Construção Civil e Limpeza. Seleção será feita pelo telefone 1633015156 nestas quinta e sexta-feiras, das 9 às 18 horas

A Prefeitura de Araraquara já começou a limpeza e a preparação do prédio da antiga Honda para a implantação de um Hospital de Campanha que deve receber pacientes do Coronavírus e desafogar os hospitais da cidade, cujos leitos deverão estar o mais disponíveis quanto for possível para para atender outras situações cotidianas, como doentes de enfermidades variadas e eventuais acidentados. A expectativa é de que a unidade já esteja em funcionamento no dia 7 de abril, último dia da Quarentena de 15 dias iniciada na última terça-feira, 24.

Outra medida anunciada nas últimas horas é que o Executivo foi autorizado pela Câmara Municipal a realizar até 400 contratações emergenciais de pessoal para atuação nas ações de combate à pandemia do Coronavírus (Covid-19). A iniciativa do prefeito Edinho, que institui o Programa "Araraquara contra o Coronavírus".

O programa cria frentes de trabalho de limpeza para implantação do hospital de campanha para o COVID-19 e também de frentes de trabalho de construção civil, além de outras atividades de apoio às ações das equipes do município no enfrentamento da pandemia, em conformidade com instruções do Comitê de Contingenciamento do Coronavírus de Araraquara.

"Precisamos dessas contratações emergenciais de profissionais da construção civil, porque vamos implantar um hospital de campanha e já estamos recebendo ligações de empresários e comerciantes do setor de material de construção para doações que viabilizem as ações da Prefeitura no processo de agilizar essa implantação. Também vamos precisar de pessoal para trabalhar na limpeza do hospital e em outras ações que vamos adotar para combater o Coronavírus", justifica Edinho. 

Outra preocupação manifestada pelo prefeito diz respeito ao desemprego:  "Por conta da necessidade do isolamento social e suspensão das atividades do comércio e outras atividades econômicas, a tendência é o agravamento do desemprego. Com essa medida, estamos criando até 400 vagas de emprego temporário na nossa cidade, metade para a construção civil e a outra metade para o setor de limpeza", acrescenta.

Para os dois empregos temporários, a escolaridade mínima exigida é ensino fundamental incompleto, a carga é de até 40 horas semanais e a remuneração mensal é de R$ 1045,00. As contratações serão definidas pelo Comitê de Contingência do Coronavírus do Município, que se reúne diariamente para deliberar medidas de combate às ações. Elas terão validade pelo período de seis meses, podendo ser prorrogadas por mais seis meses, dependendo da necessidade e da evolução da situação da pandemia em Araraquara. 

A medida agora será regulamentada pela Prefeitura Municipal. 

Revista Cidade

Publicidade