Clima pesado

04.09.2019
Clima pesado

Clima pesado e manifestações de protesto marcaram a Sessão Solene da Congregação para Colação de Grau das Turmas de Farmácia-Bioquímica e Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia, do 1º semestre de 2019, realizada no auditório 109 do Campus da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Unesp) de Araraquara.

Em uma fala carregada de emoção, o diretor da Faculdade de Ciências Farmacêuticas ressaltou a importância de defender a classe acadêmica, universitária e científica de ataques e negligencias visto atualmente.

“Hoje é um dia feliz para todos nós. A Unesp se orgulha do trajeto que tiveram até aqui. Em respeito a tudo que a educação, a ciência, a tecnologia e a saúde fizeram por este país, devemos como profissionais formado por universidades e instituições públicas defendermos esse inestimável legado, o qual está ameaçado pela ignorância e cria a banalidade, apartando a responsabilidade”, frisou Sacramento.

O formando Bruno Pereira Motta ficou responsável pela homenagem aos mestres e citou educador Paulo Freire em seu discurso. “Ensinar não é transferir conhecimento, mas, criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção. E isso não é uma tarefa fácil, portanto não podemos esquecer a maneira que vocês nos ajudaram nesse processo. Durante esse tempo que passamos aqui, vocês foram as nossas famílias, nos aconselhando e motivando”, disse. O vereador Jefferson Yashuda representou o legislativo no evento.

Revista Cidade

Publicidade

Brasil