Brasil adormecido? A lição de 2013 pode ainda não ter acabado

13.11.2019
Brasil adormecido? A lição de 2013 pode ainda não ter acabado

Falando à reportagem do portal Cidade Araraquara e do jornal O Imparcial, o ex-ministro Carlos Lupi disse que o Brasil está anestesiado, é um vulcão adormecido, mas pode entrar em erupção a qualquer momento. E como exemplo, o ex-ministro se disse impressionado com o que ocorre no Chile, na Bolívia e na Venezuela. "Especialmente no Chile, porque trata-se de uma democracia consolidada", disse, destacando sua surpresa com o momento brasileiro. "Parece que a população está adormecida, anestesiada. Mas ela pode explodir", falou.

 

2013 esquecido

Durante a entrevista a reportagem lembrou que o brasileiro não parece tão adormecido assim, e citamos como exemplo os acontecimentos de 2013, quando brasileiros de norte a sul do País saíram às ruas protestando contra a política e contra os políticos brasileiros. E tudo isso sem qualquer bandeira ou liderança. O Brasil saiu as ruas deixando clara sua insatisfação, enquanto a classe política permanecia encastelada em Brasília e nos Palácios de governo estaduais aguardando a tempestade passar. E ela passou nas ruas, mas não nos corações das pessoas... 

 

Enterro democrático

O resultado de toda a movimentação de 2013 foi a eleição de Bolsonaro em 2018, com o consequente fim de muitas carreiras políticas ainda tidas como representativas. E o brasileiro mostrou não ter preconceito algum, tratando de enterrar personagens de todas as cores, partidos e preferências. Foram para o vinagre gente de todo lado: PSDB, PMDB (que logo tratou de mudar de nome), PT, PTB e outros. 

O enterro, portanto, foi democrático, mas o brasileiro deixa claro todos os dias - e as redes sociais são a prova disso - que ainda não está 100% satisfeito. O que se espera é ver a classe política reagindo e fazendo seu papel, ou a lição de 2013 certamente fará novas "vítimas".

Revista Cidade

Publicidade