Beneficência Portuguesa fechou as portas

14.01.2016
Beneficência Portuguesa fechou as portas

As notícias circuladas nas últimas horas e que davam conta do iminente fechamento da Beneficência Portuguesa eram realmente verdadeiras, e o hospital cerrou suas portas na manhã desta sexta-feira, 15.

De acordo com as informações um grande número de famílias estão vivendo dificuldades enormes, afinal não recebem seus salários desde novembro do ano passado e agora convivem com as incertezas de um futuro ainda desconhecido. Na situação em que se encontra a direção da Beneficência não tem recursos para honrar os acertos com os trabalhadores.

O problema é bastante grave, já que embora a Beneficência não atenda o SUS já gá alguns anos o hospital vinha tentando se cadastrar junto ao Ministério da Saúde para retomar o atendimento. 

A medida ajudaria e bastante a desafogar a Santa Casa, que apesar de todo o trabalho de recuperação financeira empreendido nos últimos anos e da reforma de suas instalações, sofre há tempos com a falta de leitos para atender à população.

Atolado em dívidas e repondendo a inúmeras ações judiciais, o hospital tem mais de 100 anos de existência - fundado em 16 de agosto de 2014 -, e embora venha pedindo socorro há anos, chega a um momento decisivo de sua história sem muitas perspectivas de salvação, caso não haja alguma intervenção oficial.

A direção da Beneficência anunciou nas últimas horas que está em negociações com um grupo interessado em assumir o hospital, mas não declinaram o nome da empresa porque o negócio ainda não está fechado. Fala-se pelos bastidores da cidade que pode haver alguma novidade sobre o assunto nos próximos 15 dias. 

Revista Cidade

Publicidade

Brasil