Antigo Tropical Shopping será demolido

16.12.2015
Antigo Tropical Shopping será demolido

Acordo firmado entre prefeitura e os proprietários do antigo Tropical Shopping definiu que o prédio será demolido. Serviço pode ser feito em janeiro

Depois de longo tempo em negociações e a interferência direta da justiça, as instalações do Tropical Shopping, localizado ao lado da Via Expressa e nas proximidades do Terminal Rodoviário, serão demolidas. As conversas envolveram os sócios proprietários do prédio, secretários municipais e o Ministério Público.

Após a demolição da estrutura - praticamente toda degradada -, a área deverá ser vendida e o dinheiro será devolvido aos cofres públicos, através da quitação das dívidas acumuladas pelos proprietários junto à municipalidade ao longo de muitos anos.

Segundo Marcelo Cyrino, proprietário da Ápia Veículos (único comércio que ainda funciona no local), a demolição será vital para devolver o conforto e a segurança à todos. “Em assembleia ficou decidido que será demolido toda a parte invadida. Só restará o prédio da Ápia e o construído para ser a faculdade. A previsão é que em janeiro tudo seja resolvido. Isso beneficiará a todos e pode, inclusive, trazer novos investidores”, explica.

Desde o ano de 2014 o município vem tentando resolver o problema da situação de abandono do local, mas sem sucesso, e o problema foi se agravando. Os moradores da região temiam a presença de criminosos que usavam as instalações do antigo Shopping para traficarem e utilizarem drogas, além de reclamarem de focos do mosquito da dengue. 

Em novembro de 2014, a Prefeitura de Araraquara, já havia autuado o dono do imóvel, cinco vezes, através da lei municipal Instituto do Abandono.

Em julho, deste ano, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) havia determinado que os proprietários do antigo Tropical Shopping cercassem e limpassem a área. Porém, os donos não cumpriram o acordo e passaram a acumular ainda mais dívida, estipulada em uma multa diária de R$ 5 mil, até o limite de R$ 1 milhão.

O prédio, agora, será demolido.

 

Revista Cidade

Publicidade

Brasil