ACIA e Sinhores entregam Plano Facesp a Edinho. Texto prevê reabertura do comércio em Araraquara

06.05.2020
ACIA e Sinhores entregam Plano Facesp a Edinho. Texto prevê reabertura do comércio em Araraquara

Texto é a parte especialmente pensada para a cidade de Araraquara pelo Plano Facesp, entregue na semana passada ao governador João Dória por Alfredo Cotait Neto, presidente da entidade, e que prevê flexibilização na quarentena e a retomada da economia no estado. Leia a íntegra do documento logo abaixo da reportagem   

A Associação Comercial e Industrial de Araraquara (ACIA) e o Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (Sinhores) entregaram nessa terça-feira (05) o Plano Facesp ao prefeito Edinho Silva. 

Contendo seis páginas, o documento prevê de maneira bastante detalhada as obrigações e protocolos que devem ser seguidos por empresários, e mesmo clientes para viabilizar sua implementação. 

O plano prevê protocolos para empresas do setor de Creches, Escolas e Universidades; Escritórios; Lojas; Comércio Varejista e Atacadista; Shoppings e Centros de Comércio e Bares, Lanchonetes e Restaurantes. 

As empresas de Araraquara estão proibidas de abrir desde o final do março, com o início da quarentena em razão da pandemia de Coronoavírus que assola o país e o mundo.

Falando à reportagem, José Janone Júnior e Fernando Pachiarotti, respectivamente, presidentes da Acia e do Sinhores, destacaram a paralisia que predomina no setor empresarial de Araraquara. 

"Nossos empresários estão sufocados, quase sem saída. Muitas empresas já fecharam, muita gente já foi demitida. Precisamos agir rápido, mesmo que viabilizando um sistema de funcionamento racionado, mantendo todos os cuidados com a saúde dos trabalhadores e clientes, tudo visando a preservação das atividades empresariais e a manutenção dos empregos e da economia", disseram.

 

Documento similar já está nas mãos do governador

O presidente da Acia, que também responde pela vice-presidência da RA 18 da Facesp (engloba todas as cidades da região de Araraquara e São Carlos), falou sobre a importância de a ACIA e o Sinhores terem decidido encaminhar ao prefeito o Plano Facesp, um documento já conhecido pelo governador João Dória. 

"Na última reunião realizada com o prefeito, ele pediu que as entidades empresariais de Araraquara formulassem uma proposta para viabilizar a retomada da economia da cidade. Ele se comprometeu a conversar pessoalmente com o governador, a quem apresentaria o documento", explicou.

Preparado seguindo os mesmos parâmetros estabelecidos pelo plano entregue por Alfredo Cotait, presidente da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Fecesp) ao governador João Dória na última semana, o documento prevê em detalhes um plano de reabertura e flexibilização das atividades empresariais na cidade, o que recolocaria em funcionamento a roda da economia na cidade. 

"O Plano Facesp foi elaborado por muitas mãos em reuniões em videoconferências realizadas nos últimos dias entre associações comerciais de todo o estado. O documento foi entregue em mãos ao governador, e prevê, de maneira detalhada e responsável a reabertura do comércio em todo o estado de São Paulo. O governador, a essa hora, está debruçado sobre o plano", afirmou, mostrando confiança de que os esforços deverão ser recompensados.

"Entendemos que a hora é urgente, e não é momento de nos aventurarmos em propostas que saiam do zero. O Plano Facesp já está nas mãos do governador, tem um capítulo reservado só para nossa cidade, e prevê uma série de obrigações aos empresários como forma de preservar funcionários e clientes diante das dificuldades na área da saúde", lembrou.

 

Urgência

"Com Plano Facesp ajustado para nossa cidade em mãos, o prefeito não terá de explicar muito ao governador, que conhece os detalhes do documento. Estamos muito otimistas", falou Janone, que ficou até tarde da noite de ontem em conversas via internet com dirigentes e autoridades discutindo em detalhes a aplicação do plano.

O texto é uma fotografia que mostra exatamente a realidade de Araraquara neste momento, o que viabiliza a reabertura gradual do comércio. 

"O nível de contágio em Araraquara vem sendo bem controlado, contamos com boa estrutura hospitalar e de leitos, e além disso, a Prefeitura se antecipou, criando novas estruturas, como o Hospital de Campanha e o Centro de Triagem de Síndromes Gripais. O empresário araraquarense também vem fazendo sua parte, apesar das perdas e da crise que se avizinha, mas tenho convicção de que seguindo os protocolos estabelecidos pelo Plano Facesp é possível, sim, retomarmos a abertura do comércio neste momento", afirmou. 

Janone lembrou ainda que a Acia já tinha apresentado ao prefeito Edinho Silva, isso há cerca de 20 dias, uma proposta de reabertura do comércio local em horários alternativos e obedecendo um revezamento entre as empresas situadas do lado par e do lado ímpar das ruas, e com número reduzido de funcionários.

 

 

Revista Cidade

Publicidade