Farmácias já disponibilizarão testes para HIV

28.01.2016
 Farmácias já disponibilizarão testes para HIV

Aprovado pela Agência Nacional de Vigilância e Saúde (Anvisa) exame é feito com saliva ou sangue

Feito com saliva ou sangue e já foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância e Saúde (Anvisa), o autoteste de detecção do vírus do HIV estará disponível nas farmácias do país ainda neste semestre. Ele já é oferecido em vários países do mundo, como Estados Unidos, Grã-Bretanha, França e África do Sul.

O preço do teste de farmácia ainda não está definido. Nos Estados Unidos, por exemplo, o valor varia entre US$ 40 e US$ 60. A expectativa é que as empresas consigam viabilizar um valor compatível com a realidade do brasileiro.

A meta da Organização das Nações Unidas é de que 90% das pessoas com HIV façam o teste até 2020. No Brasil, cerca de 83% das pessoas com o vírus já passaram pelo diagnóstico. 

O percentual de brasileiros vivendo com HIV diagnosticados por exames passou de 80%, em 2012 para 83%, em 2014. Já a oferta de tratamento passou de 44%, em 2012, para 62%, em 2014, aumento de 41% no período.

A ampliação da testagem é uma das frentes da nova política de enfrentamento do HIV e aids. Entre janeiro e setembro de 2014, foram realizados 5,8 milhões de testes no país. No mesmo período do ano passado, foram 6,4 milhões – um crescimento de 10%.

Agência Brasil

Revista Cidade

Publicidade

Brasil